A banda de “Game Metal” MegaDriver já é uma velha conhecida do público que curte game music no Brasil, sendo uma das bandas pioneiras da cena. Recentemente a banda adicionou em sua formação o competente vocalista Allan “Big Thunder”, e tem então executado alguns sons com letra e vocal em seus shows. Confira logo abaixo uma entrevista que fiz então com o vocal do MegaDriver, onde ele fala mais sobre como se deu sua entrada na banda, bem como os planos futuros do grupo:

Allan "Big Thunder", o vocal do MegaDriver.
Allan "Big Thunder", o vocal do MegaDriver.

André Breder: Allan, como se deu sua entrada na banda MegaDriver?

Allan: Foi através de um contato com o Jeff (baterista), ele ouviu meu vocal em alguns trabalhos com minha outra banda, e o Mega estava com um projeto de colocar vocal em algumas musicas há algum tempo, marcamos uma reunião com todos os integrantes e conversamos sobre este projeto, fizemos umas audições, alguns ensaios e o entrosamento entre a gente foi perfeito, no final deu tudo certo.

André Breder: Antes do MegaDriver, você teve passagem por outras bandas?

Allan: Cantei em algumas bandas sem expressão em Piracicaba/SP, até montar o Cellmys uma banda de Power Thrash Metal em 1998, este é um trabalho qual eu levo em paralelo ao Megadriver.

André Breder: A música “Axe Tales” mostra uma nova proposta do MegaDriver, ao fazer uma música original baseada em um clássico dos videogames e que não é apenas um tema  instrumental, mas que possui letra e vocal. Uma versão demo da música pode ser encontrada disponível para download no site do MegaDriver, mas vocês estão regravando-a para um futuro álbum, não é isso?

Allan: É isso mesmo! A Axetales é o marco inicial desta nova proposta do Megadriver, a versão disponível em nosso site foi praticamente o teste para minha entrada na banda, a letra foi composta pelo Nino, é baseada no Golden Axe I e II, confesso que no dia que a gravei, estava super nervoso, mas achamos o resultado tão bom que disponibilizamos aos fãs para que pudessem apreciá-la, mas para o próximo álbum a regravação será necessária.

André Breder: Talvez você e os outros integrantes do MegaDriver queiram guardar segredo sobre o novo álbum com temas cantados por você, mas mesmo assim, vou ser chato e perguntar: dá para adiantar algo sobre este trabalho? Quais músicas terão nele ou algo do tipo?

Allan: (Risos) É…, realmente muita gente tem nos feito esta pergunta, mas o que posso adiantar é que o álbum não será em cima de um único tema, e inicialmente a idéia é de compor somente músicas cantadas, e em inglês, mas ainda não está tudo definido, e pode haver algumas novidades ou alterações, mas a galera pode esperar mais um álbum matador, e será mais uma homenagem do Mega aos grandes jogos.

André Breder: Existe uma previsão de quando o novo trabalho será lançado?

Allan: A previsão é para o início do primeiro semestre de 2011, temos várias apresentações até dezembro e usaremos estes eventos para testar algumas novas faixas ao vivo antes da gravação.

André Breder: O novo trabalho, assim como os anteriores, estará disponível gratuitamente no site da banda, ou desta vez será lançado como um CD ou algo do tipo?

Allan: O que antes era um projeto vem se consolidando cada vez mais como banda, se fecharmos nosso próximo álbum com um grande selo, poderemos alcançar facilmente mais uma de nossas metas, que é a de tocar não só pelo Brasil, mais pelo mundo afora, e mostrar nossa música para um maior numero de pessoas, já iniciamos vários contatos a fim de fechar com alguma gravadora, mas mesmo assim, não perderemos uma de nossas principais características, que é a de disponibilizar nossos trabalhos no site.

André Breder: Uma das principais características do MegaDriver, fora seu som pesado, é que a grandiosa maioria dos temas tocados pelo grupo são oriundos de games clássicos, das eras 8 e 16 Bits. Você curte games clássicos até hoje?

Allan: Com certeza, e na verdade são os que eu mais curto e jogo, mostrei a Gameologia (será que existe isso??) do Mega drive e SNES para o meu filho, e ele pirou. Clássicos são clássicos não é? (risos).

André Breder: Qual o primeiro console com o qual você teve contato?

Allan: Cara isso faz muito tempo, acho que foi por volta de 82 ou 83, ganhei um Telejogo da Philco/Ford de meu Pai, eu e meu irmão passávamos horas jogando paredão (risos), marcou demais, aliás, eu o tenho até hoje em casa, o game era em preto e branco, tinham três jogos embutidos os controles eram dois potenciômetros fixos no aparelho, era muito estranho mais divertido.

André Breder: Qual o seu console preferido de todos os tempos?

Allan: Putz, esta é difícil, mas o meu preferido é o que eu mais joguei na vida, que foi o Atari 2600, nada superará as famosas trocas de cartuchos com meus amigos, e os campeonatos de River Raid e Decathlon que fazíamos.

André Breder: E em relação aos games, qual seria seu “Top 10”, de melhores games de todos os tempos?

Allan: Bom, vou fazer um “catado” de todos os meus games (risos) lá vai: H.E.R.O., Mouse Trap, Lord Sword, Asterix, MDK, Golden Axe (o melhor!), Street Fighter, Fatal Fury, Mortal Kombat e Heretic.

André Breder: Voltando para a área musical, quais bandas você curte?

Allan: Ah meu velho, sou fanático por NWOBHM e bandas clássicas nacionais, mas vou destacar algumas que não me canso de ouvir: Black Sabbath, Blitzkrieg, Avenger, Harppia, Taurus, Metal Church, Korzus (o último álbum está animal) e Sepultura, pra não falar só de velharia destaco o Nevermore também.

André Breder: Quais vocalistas serviram de influência para seu modo de cantar?

Allan: Ah, foram muitos! O grande Dio que se foi recentemente, Jon Oliva, Ozzy Osbourne, Warrel Dane, David Wayne, Halford, pelo lado do Brasil o grande Jack Santiago.

André Breder: Você já tem participado dos shows do MegaDriver. Quais músicas você tem cantado juntamente com a banda durante as apresentações?

Allan: Como participamos de alguns festivais de Anime, tocamos umas versões em português para, Chala Head Chala do Dragon Ball Z, o tema do seriado Jaspion, a Axetales nossa composição baseada em Golden Axe I e II e uma versão cantada de Mad Racer, tema do Top Gear.

André Breder: Como tem sido até agora a resposta do público em relação aos temas cantados por você?

Allan: Não poderia ter sido melhor, as críticas foram muito positivas, o Mega sempre foi uma banda inovadora dentro do Game Metal, a inserção do vocal em algumas faixas, trouxe a banda para outro nível, e os fãs tem entendido a ideia e aceitado naturalmente.

André Breder: Allan, fica aqui um espaço para suas considerações finais!

Allan: Agradeço a você André pela oportunidade, o parabenizo pelo excelente blog e pelo apoio ao Megadriver, e aos Fãs aguardem nosso novo trabalho, pois será animal.

Confira no player abaixo o tema “Axe Tales”, cantado por Allan “Big Thunder” juntamente com seus companheiros do MegaDriver:

Entrevistamos o vocalista do MegaDriver: Allan “Big Thunder”!
Tags:                 

7 ideias sobre “Entrevistamos o vocalista do MegaDriver: Allan “Big Thunder”!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *