O “Caduco” aqui conseguiu, de forma exclusiva para o Gagá Games, uma entrevista com o guitarrista Nino, líder da popular banda de “Game Metal” MegaDriver. Confira logo abaixo como foi a sessão de perguntas e conheça mais detalhes desta grande banda da Game Music mundial:

Caduco: Inicialmente o MegaDriver era um projeto solo seu, onde você gravava vários instrumentos ou sintetizava alguns deles. Como surgiu a idéia de fazer um projeto como esse e quando foi gravado o primeiro “som” do MegaDriver?

Nino MegaDriver: A idéia realmente é muito antiga. Surgiu no começo da década de 90, quando passávamos pela época gloriosa dos consoles de 8 e 16 bits e também quando estava começando a aprender a tocar guitarra. Um belo dia, jogando “Golden Axe”, passei a imaginar como elas ficariam se tocadas por instrumentos de verdade – com guitarras, baixo, baterias, etc. – de forma mais agressiva, em estilo “Heavy-Metal”. Foi assim que surgiu a idéia do “Game Metal”. Desde então tentei formar uma banda para levar o estilo para frente. Em quase todas as bandas que entrei tentei impor o “Game Metal”, mas o pessoal sempre esteve mais interessado em tocar cover de bandas famosas do que temas de “Golden Axe”, “Atered Beast”, “Sonic” e “Street Fighter 2”. Em meados de 1999, desisti de procurar músicos e resolvi aprender a compor e gravar os demais instrumentos. Foi assim que nasceu meu projeto solo, o antigo “nino.com.br”. Apenas no final de 2003, que decidi retomar a idéia original e criei o “MegaDriver”, cujo nome veio em homenagem ao console que mais estimo.

Caduco: Mesmo quando você ainda não tinha uma banda completa para apresentações ao vivo, shows ocorreram. Como foi esta experiência de estar em um palco sozinho?

Nino MegaDriver: Na época utiliza um formato parecido com “workshop”, onde tocava os temas e solos com acompanhando em “playback”. Muitos achavam estranho ver uma pessoa sozinha no palco, mas outros curtiam. Naquela época o “vgmusic” ainda não era muito popular, mas mesmo assim já tínhamos um publico excelente. Tocar sozinho era legal, porém prefiro infinitamente subir ao palco na companhia da banda toda.

Caduco: Quando foi que o MegaDriver definitivamente passou a ser uma banda? Como foi feita a escolha ou como os músicos certos para o grupo foram encontrados?

Nino MegaDriver: O critério para escolha de músicos sempre foi simples: gostar dos games de verdade e tocar bem. A formação atual se consolidou em 2006, quando fazia faculdade na cidade de Piracicaba. Finalmente encontrei outros “game-maníacos” como eu dispostos a encarar a jornada do “Game Metal”. Com esta formação, já efetuamos vários shows.

Caduco: Quais sãos os nomes e funções de cada membro do MegaDriver?

Nino MegaDriver: Nino – Guitarra, Ricardo – Guitarra, Rubens – Baixo e Jeff – Bateria.

Caduco: O MegaDriver é uma banda de heavy metal acima de tudo, na minha opinião. Quais bandas ou artistas do gênero servem de influência para sua maneira de tocar guitarra?

Nino MegaDriver: Os primeiros discos que comprei foram em 1990, na seqüencia, “The Number Of The Beast” (Iron Maiden), “Witch Hunter” (Grave Digger) e
“Conspiracy” (King Diamond). Sou muito eclético dentro do Metal, curto desde Black, Death e Thrash até Power/Melódico, tenho uma coleção de mais de mil álbuns. De longe, King Diamond é meu preferido.

Caduco: Durante as apresentações ao vivo, quais músicas do MegaDriver fazem o público se empolgar mais?

Nino MegaDriver: Temos várias músicas que geralmente “abre a roda”, mas sem dúvida “Mad Racer” de “Top Gear” é a preferida da galera.

Caduco: Quais são os seus games preferidos?

Nino MegaDriver: Diversos, citarei apenas alguns: “Golden Axe”, série “Sonic”, “Altered Beast”, série “Street Fighter”, série “Streets Of Rage”, série “Shinobi”, série “Castlevania”, dentre muitos outros.

Caduco: E qual o seu console preferido?

Nino MegaDriver: Não gosto de ser “ista”, jogo vários jogos de vários consoles. Mas, sem dúvida, o que mais jogo, até hoje, é o Mega Drive.

Caduco:A banda gosta de lançar álbuns conceituais ou temáticos, como foi o caso dos trabalhos Metal Beast, Metal Axe, MetalHog, entre outros. Já existe alguma idéia para um próximo álbum desse tipo?

Nino MegaDriver: Existem várias idéias. Temos em andamento material para um álbum apenas de jogos de RPG, que se chamará “Role Playing Game Metal”.

Caduco: Como se dá a escolha das músicas a serem gravadas pelo MegaDriver? O que pesa mais é o gosto pessoal da banda ou o pedido dos fãs?

Nino MegaDriver: O principal requisito é gostarmos do jogo em questão, mas sempre ouvimos pedidos da galera através de contatos de email, MSN e, principalmente, nossa comunidade no Orkut.

Caduco: Houve algum tema complicado de ser tocado e gravado, que acabou sendo um verdadeiro desafio para você ou para a banda?

Nino MegaDriver: Houveram vários, o primeiro deles foi minha versão “Mad Racer”, de “Top Gear”. A primeira gravação deste tema foi publicado na Internet em 1999. Naquela época, surgiram até comentários difamadores em um fórum muito conhecido sobre guitarra, onde alguns diziam que eu não estava tocando, que teria alterado a velocidade da música utilizando softwares devido a dificuldade. A verdade é que, depois disso, muitos outros guitarristas seguiram a idéia e passaram a tocar e hoje, podemos encontrar vários vídeos no YouTube de pessoas tocando, muitas vezes, sem nem saber da onde a idéia surgiu. Outro deles foi o tema de “Final Fantasy”, que na minha opinião, é mais difícil que “Top Gear”.

Caduco: Quais jogos vocês ainda não gravaram temas, mas que estão na lista para futuras gravações do MegaDriver?

Nino MegaDriver: Existem muitos que estão na fila, dentre eles estão “Eternal Champions” e “Metroid”.

Caduco: Vídeos de apresentações ao vivo do grupo já são encontradas facilmente em sites como o YouTube, mas a banda pretende um dia lançar algo oficial neste formato, como um DVD?

Nino MegaDriver: Sim, mas isto não é uma prioridade para nós, nosso maior objetivo são criar mais músicas. Já tivemos a idéia de lançar um DVD com os vídeos que projetamos via telão nas apresentações, porém ainda não tivemos a oportunidade de produzi-lo.

Caduco:Todas as músicas gravadas pelo MegaDriver são distribuídas de graça pelo site oficial do grupo. Da última vez que visitei o site de vocês o mesmo registrava o espantoso número de 10.220.309 downloads, o que serve para mostrar a popularidade tanto da banda como da game music em si. Quando você Nino iniciou o MegaDriver imaginou que teria tamanho sucesso?

Nino MegaDriver: Sinceramente fico muito feliz e acho sensacional. E tem mais, estes números são contabilizados apenas a partir de 2005, pois perdemos os “logs” de acesso anteriores. Essa é a prova maior que conseguimos atingir nosso objetivo, que é pagar tributo e reviver os jogos clássicos.

Caduco: Em 2008 o MegaDriver participou do Video Games Live ocorrido no Rio de Janeiro. Como foi para a banda poder participar de tal evento?

Nino MegaDriver: Até hoje, com o MegaDriver tivemos dois grandes auges, que foram tocar para Tec Toy, fabricante brasileiro do Mega Drive e Master System, e participar do VGL. O VGL é o grande evento de vgmusic da atualidade, organizado por dois compositores com um currículo louvável dentro da indústria dos videogames. Realmente participar do VGL foi uma grande honra e realização pessoal para todos nós. Confesso que desde quando conheci o evento, através de um vídeo no YouTube, sempre sonhei em um dia podermos participar de alguma forma.

Nino MegaDriver: Muito obrigado ao Gagá Games pelo espaço e, principalmente, a todos os fãs dos clássicos dos videogames pelo grande suporte que nos tem dado.

EXCLUSIVO: Entrevista com Nino, líder da banda MegaDriver!
Tags:         

6 ideias sobre “EXCLUSIVO: Entrevista com Nino, líder da banda MegaDriver!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *