Chegou a hora de seguir com Hayato na busca pelos pergaminhos sagrados em Kenseiden!! Já passamos por inúmeros treinamentos, detonamos alguns chefes e conseguimos algumas novas espadas e habilidades. Agora, os últimos desafios nos esperam!! Here we go!

Quando estiver no mapa, siga para a fase mais ao norte. O começo dela é bem similar à segunda etapa, num bairro típico japonês da época, mas com inimigos completamente novos. A dica aqui é usar a estátua do buda para teleportar pra outra sala e terminar a fase ali.

O chefe é uma mosca gigante que solta aqueles tatuzinhos azuis. O segredo é saltar e atacar o bicho sem parar, não fique longe dele ou ele vai lotar a tela de inimigos. Destruído, Hayato agora pode usar o comando pra cima + ataque em pleno ar.

Denovo no mapa, siga para a fase mais ao centro. Ali está a floresta, fase típica dos jogos de plataforma mas que ainda não tinha aparecido por aqui. A fase é cheia de inimigos pentelhos, como os diabinhos que surgem do nada, praticamente impossível evitar o dano. Com sorte, os últimos inimigos podem deixar um cantil para recuperar o estrago.

Agora a fase seguinte fica mais abaixo e é denovo um repeteco da fase da montanha. Os inimigos aqui ficam mais implacáveis e qualquer erro implica em danos ou morte certa. As pedras que caem do teto podem dar algum trabalho, mas nada tão chato quanto os peixes que saltam nas pontes. No final da subida, mais um boss nos espera.

O chefe é um olho voador que dispara várias chamas azuis no chão. Seu ataque é bem fácil de desviar e, para acertá-lo, nada melhor do que pular e atacá-lo com o pra cima + ataque. Uns dez acertos dão conta do chefe e o prêmio por sua derrota é o pergaminho que ensina o ataque BESERKER, que faz com que Hayato saia dando espadadas sem parar. Para acioná-lo, basta segurar para cima enquanto caminha.

Agora siga para a fase ao norte, mais uma ponte precisa ser atravessada. Evite os peixes e as pedras. Terminando-a, vá direto para a fase à extrema direita do mapa, ali encontra-se o último treinamento de Hayato.

• quase todos os saltos precisam ser feitos com a ajuda do comando pra cima + ataque, pois flechas surgem à todo momento;
• no último salto (de precisão cirúrgica), assim que cair se abaixe, ou adeus treinamento;

Hayato garante mais um CHARM ao terminar esse treinamento.

Siga diretamente para fase abaixo no mapa. Essa é mais uma fase no labirinto japonês, mas dessa vez garante mais itens interessantes. Vá entrando em todas as portinhas (uma melhor espada e uma vida lhe aguardam) e ande sempre em BESERKER, com o direcional pra cima apertado, pois dessa forma Hayato anda atacando e evita muitos inimigos. Na portinha final, um chefe lhe espera.

O caveirão azul flutuante pode dar um certo trabalho, pois em determinados momentos ele se divide em outras tantas caveirinhas invencíveis que te seguem. Enquanto ele estiver grande, acerte-o sem dó no alto e evite tocar as caveirinhas. A recompensa por destruí-lo é a melhor espada do jogo, a Dragon Sword.

Agora sim, siga para a fase do templo vermelho no mapa, a última do game.

Com última fase, espere por toda a sorte de inimigos e obstáculos pela frente. Após atravessar a pontinha, entre no templo. Lá dentro, há um melhoramento pra Dragon Sword na segunda porta do já manjado labirinto japonês. No segundo andar, nenhuma das portinhas tem itens. Já no terceiro, há um cantil na segunda porta, protegido por um inimigo chatíssimo. No quarto andar, o último chefe do jogo!

De cara, fica um aviso: o chefe é inatingível à primeira vista. Ele fica lá no cantinho, no alto, apenas soltando algumas bolas que percorrem toda a tela. O segredo é destruir essas bolas, pois só dessa forma ele perde energia e morre. À cada rodada o chefe manda bolas de fogo mais rápidas com uma movimentação diferente, tudo pra dificultar. Novamente, o comando pra cima + ataque aqui é excelente, matando as bolas praticamente instantâneamente.

Mas, para surpresa de muitos, essa era apenas a primeira forma do chefão! A segunda forma, de um cavaleiro vermelho, é bem mais complicada e fatalmente vai lhe obrigar a usar o item que repõe toda a energia de Hayato. Seu único ponto fraco é a cabeça, acerte-a até ela se transformar num crânio, à partir daí o chefe começa a perder energia. Não perca tempo tentando desviar das bolas de pedra ou dos ataques do chefe, concentre-se em acertá-lo à todo custo, ou não vai durar muito.

No final do game, Hayato conseguiu banir o mal para as profundezas e devolver a paz nas províncias do Japão, reunindo os pergaminhos que um dia pertenceram à sua família. O game ainda conta que Hayato, após a destruição do castelo do mal, partiu em uma missão sem dizer nada à ninguém, o que com certeza serviria de gancho para uma continuação caso essa existisse. Infelizmente, Kenseiden parou no primeiro game e ninguém nunca mais tocou no assunto de uma provável continuação.

E aqui eu vou ficando, deixando com vocês o primeiro Guia do Gagá completo de um clássico absoluto do Master System. Até o próximo!

Guia do Gagá: Kenseiden (parte final)

6 ideias sobre “Guia do Gagá: Kenseiden (parte final)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *