A dica veio do Zeeblog, e como nós já esperávamos, os dois novos produtos “secretos” da Tectoy são mesmo um Master System e um Mega Drive, ambos portáteis.

master-system-portatilO Master System Portátil não tem tela de LCD nem entrada para cartucho, e precisa ser ligado à TV para funcionar. Ele vem com trinta jogos na memória (incluindo clássicos como Golden Axe e Alex Kidd), e o preço sugerido é de 69 reais. Na boa? Tá uma pechincha. Eu pensei que o preço iria, no mínimo, bater nos cem reais.

A outra novidade é o MD Play, Mega Drive portátil com tela de LCD de 2,8”. Ele também não tem entrada para cartucho, mas aceita cartões “MD Card Game” com outros jogos. A Tectoy vai vender os tais cartões com dez jogos cada via site. O MD Play é baseado num Mega Drive portátil que já era vendido lá fora, e o preço sugerido é de 149 reais. Mais uma vez, eu acho o preço excelente, especialmente pelo fato do console aceitar jogos novos via cartão.

md-playAlguns de vocês vão chiar quanto à qualidade dos produtos. É sabido, por relatos em fóruns na internet, que esse tipo de console tem alguns problemas técnicos. Há um bom motivo para que eles custem bem menos do que os consoles originais, já que eles usam componentes bem mais simples e baratos, e são mais emuladores do que versões dos sistemas propriamente ditos. Nós, que somos majoritariamente gamers hardcores, sempre esperamos que a Tectoy lance um Mega Drive portátil e mirabolante que rode cartuchos, aceite entrada para Sega CD portátil e ofereça save states e jogatina online… a verdade é que quem for hardcore mesmo, vai atrás dos consoles originais. Os produtos que a Tectoy lança não estão focados nesse público, que de modo geral já tem seus consoles em casa há anos. A ideia me parece ser atingir o pessoal com menor poder aquisitivo. Sendo assim, acho que a Tectoy está fazendo um excelente trabalho. Pelo preço que esses consoles estão sendo oferecidos, até eu, que sou um gamer hardcore, fiquei interessado.

Alguns vão dizer que pela internet você pode comprar com seu cartão de crédito internacional um portátil que emula vários sistemas pelo mesmo preço e com maior qualidade. Mais uma vez, não acho que a ideia da Tectoy seja a de vender um produto para pessoas que podem fazer isso. Portanto, antes de “malhar o Judas”, é bom ter essas coisas em mente.

Da minha parte, dou os parabéns à Tectoy pela iniciativa, que ajuda a manter o Master System e o Mega Drive vivos por estas bandas. A longevidade desses consoles por aqui é um atestado da competência da empresa.

Tectoy revela os novos Master e Mega portáteis
Tagged on:             

15 thoughts on “Tectoy revela os novos Master e Mega portáteis

  • 26/08/2009 at 9:46 am
    Permalink

    Taí, gostei da dica! Só queria que o Master System tivesse bateria recarregável que nem o MD Play, mas por R$ 69,00 naum tenho como reclamar.
    E tá certo que tem o Dingoo que o pessoal fala, e tô até pensando em comprar um, mas um console desses naum sai por menos de R$ 170,00, demora pra chegar e se quebrar, tchau e bençãos. O MD Play pelo menos tem suporte nacional. Pelo preço vale a pena sim.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 26/08/2009 at 9:59 am
    Permalink

    Estou ansioso para poder jogar Phantasy Star em qualquer lugar!
    Meu único temor são a qualidade destes produtos e se a tec toy vai por em a nossa disposição todos os jogos do mega drive, ou pelo menos a maioria!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 26/08/2009 at 1:00 pm
    Permalink

    Orakio, só por que os produtos não são destinados a jogadores hardcore tem que ser porcaria? Tá levando um por fora? 😉

    Afinal, esse Master tem só 30 jogos, sem LCD, sem entrada de cartucho e à pilha? E o MD não permite salvar os jogos e só dá para recarregar pela USB? Isso que eles chamam de portátil?

    Assim, a intenção pode ter sido boa, mas delas o inferno está cheio!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 26/08/2009 at 1:09 pm
    Permalink

    @Late Mr.Douglas
    Douglas, meu camarada, vamos pensar como homens de negócios. Você vê um enorme mercado que não tem grana para comprar seus consoles. Você lança o console, com qualidade menor e algumas vantagens para compensar (ser portátil, por exemplo) custando menos da metade do console original. Parece mal negócio?

    Eu já falei, é preciso entender a quem o produto se destina. Esses consoles não são para nós, que já abusamos sexualmente de todos os orifícios existentes em nossos master systems e mega drives nos últimos quinze anos. Para o cara que nunca pôde dar um videogame ao filho, um Master System com 30 jogos e alguns problemas técnicos proporciona um bocado de diversão. E um Mega Drive portátil com alguns probleminhas a 150 pratas pode sim ser um bom negócio, tudo depende do que você espera tirar dele. E claro, do tamanho dos problemas técnicos. É esperar para ver.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 26/08/2009 at 1:48 pm
    Permalink

    Você tem razão, não vejo como poderia ser lançado um mega drive portátil que aceite cartuchos. Já que o consumidor teria que comprar e correr atrás dos cartuchos (que há tempos não são mais vendidos). Creio que a idéia tenha sido baratear nem tanto para um público de classe baixa (já que o preço é alto para eles). Mas gente como a gente (ao menos eu, classe C), poderia comprar numa boa, como um mascote.

    Será que a Tec Toy anda lendo o Gagá Games? Porque toda empresa tem alguém que pesquisa o produto junto ao público. E para mim é bem melhor lançar um com opção de cartão de jogos do que fazer download, já nem tenho cabeça fria para mexer com essas coisas.

    Obrigado por nos manter antenado, Gagá. Eu ia perder esse Mega Drive.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 26/08/2009 at 1:54 pm
    Permalink

    Aliás, sobre qualidade de último mundo: Eu joguei numa sharp véia, pequena, às vezes até em preto e branco. De boa, jogador que é jogador não fica chorando por tlevisãosão de lcd com 3d e o escambau, isso é coisa da nova geração. Não adianta também um baita lcd se o preço for caro demais se os jogos antigos não foram feitos para a alta tecnologia.

    Agora o Master System, baratão. Aliás, não é isto o que os consumidores sempre querem? Quando é caro reclama. Se é barato reclama, mas ao menos compra.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 26/08/2009 at 2:06 pm
    Permalink

    Até concordo com a idéia dos “portáteis” que a Tectoy lança buscando esse público alvo (como alguns comentaram aqui!). Preço baixo e acessível com jogos variados. Agora minha opinião muda completamente quando a Tectoy resolve lançar “consoles” – simplesmente ela entra na minha opinião em uma grande roubada. Vide MegaDrive4 Guitar Idol.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 26/08/2009 at 2:34 pm
    Permalink

    @Ivo
    O MD4 me parece mais uma jogada “malandra”. A Tectoy deve estar mirando nos pais que querem dar um “brinquedo”, e não um videogame, para o filho. Tipo, esse negócio de videogame com guitarrinha, de repente o pai já viu o filho caçula jogando Guitar Hero, ou acha que ele vai gostar do brinquedo por causa da guitarrinha… sacaram, né? O pai compra crente que está abafando. É lançamento para fazer dinheiro, e provavelmente vai fazer, mas para pessoas como nós passa longe de ser interessante.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 26/08/2009 at 9:49 pm
    Permalink

    A Tectoy, apesar de algumas bolas fora, é uma ótima empresa, e já está no mercado de games desde os seus primórdios aqui no Brasil, e até hoje se manteve (não importa se foi vendendo milhares de versões do Master System e do Mega Drive…). E esses dois lançamentos forma muito bons! Inclusive fiquei até interessado nesse Mega Drive portátil!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 29/08/2009 at 10:18 am
    Permalink

    Ahh q legal!
    Eu queria esse mega portátil. O master é praticamente aquele Super Compact, dai como ja tenho ele, nao quero esse. Fora q achei feio esse design dele. Não consigo gostar desses joysticks de hj, que parece q vc ta segurando um pedaço de sei la o que.

    Devia ter o master lcd tb!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *