Super Castlevania IV do Super NES é um clássico da era 16 bits, isto ninguém discute! Agora alguns gamers não tem ideia de que a versão americana do jogo sofreu várias censuras, se fizermos uma comparação com a versão original do game lançada no Japão (onde tinha o título de Akumajo Dracula). Abaixo estarei listando as principais mudanças que o jogo sofreu para ser lançado no conservador território americano:

Tela de abertura censurada!

Logo na tela de abertura do jogo, a versão americana sofreu uma mudança! Enquanto que na versão japonesa sangue goteja do título do game, na versão americana isto foi sumariamente cortado! Confira nas imagens abaixo:

Na abertura japonesa, sangue pinga do título do jogo...
Na abertura japonesa, há sangue pingando do título do jogo...
... já na abertura americana, nada de sangue!
... já na abertura americana, nada de sangue!

Algumas gotas de sangue e uma pequena poça do precioso líquido vermelho assustariam as crianças americanas? Quanta frescura…

Cemitério censurado!

Talvez por causa da cruz ser um símbolo considerado como sagrado por religiões cristãs, o cemitério da abertura do game também sofreu mudanças entre a versão japonesa e a versão americana:

Na versão japa, várias cruzes sobre as lápides e tumbas...
Na versão japa, várias cruzes sobre as lápides e tumbas...
... já na versão americana só sobraram lápides!
... já na versão americana só sobraram lápides!

Referência a Dracula nas lápides…

É curioso também notar que na versão japonesa existe o nome de Dracula na sua lápide (na verdade está escrito “Dracura”, com “r” mesmo), enquanto que na versão americana a referência ao vampiro foi apagada.

Estátuas femininas censuradas!

Em algumas partes do jogo, estátuas de mulheres seminuas podem ser vistas na versão japonesa… enquanto que na versão americana as estatátura foram devidamente vestidas! Confira na imagem animada abaixo como isso foi feito:

Pobrezinha da estátua na versão americana… ela não pode nem fazer um topless em paz…

Poças de sangue censuradas!

Na versão japonesa, o oitavo estágio do game traz várias poças de sangue por todos os lados, e até mesmo gotas do líquido vermeho pingam do teto...
Na versão japonesa, o oitavo estágio do game traz várias poças de sangue por todos os lados, e até mesmo gotas do líquido vermeho pingam do teto...
... enquanto que na versão americana o sangue se trasnformou em um líquido verde, que mais parece ser uma espécie de lodo!
... enquanto que na versão americana o sangue se trasnformou em um líquido verde, que mais parece ser uma espécie de lodo!

Concluindo…

Apesar dos cortes da versão americana não influenciarem praticamente em nada no jogo (ainda bem), é interessante notar o conservadorismo americano. Sangue, nudez e religião em um game para crianças americanas? NÃO PODE! 🙂

Censura nos Retrogames: Super Castlevania IV

52 thoughts on “Censura nos Retrogames: Super Castlevania IV

  • 13/04/2011 at 6:08 pm
    Permalink

    a nintendo,desde que possuo um n64 já entendi q a maioria dos jogos é tudo de criança. de 100 jogos que lançam, quase 10 vale a pena jogar e desses 10,apenas 3 são jogos pra macho ver sangue e violencia. e outras empresas sabe equilibrar os jogos de familia e jogos violentos. tanto q nessa geração de consoles, esse negocio de censura é mais evidente na nintendo. mas há exceções na empresa.como no zelda ocarina of time,no nivel water temple onde a princessa ruto pede ajuda a link, ela ta peladona!!!^^. tá que ela é uma especie de sereia humanoide,mas quando eu vi ela daquele jeito…foi inevitavel,fiz na calça sem eu querer. e olha q era no n64!! bons tempos.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *