Um dos maiores clássicos do SNES!


Apresentação
:
Olá jovens padawans e velhos mestres na arte do joystick! Eu sou Kal  Bangagá, gamer desde garoto e fã de jogos antigos. A idade cobra seu  preço, principalmente nas costas… Como eu queria ter as costas que eu  tinha no passado, sem dor… Mas vamos ao que interessa! Minha primeira  matéria para o site: Um artigo sobre Chrono Trigger! Aproveitem! (se por  acaso alguma leitora de bom coração quiser passar essa loção relaxante  nas minhas costas, sinta-se a vontade!)

O Inicio:

Square e Enix, ano de 1995.
As duas empresas eram as gigantes dos RPGs de video game…

Crono, Frog e Lucca. Arte original de Akira Toryama!
Crono, Frog e Lucca. Arte original de Akira Toryama!

De um lado, a Square tinha o Final Fantasy, com suas continuações, seus  dramas e personagens dramáticos…
Do outro, a Enix tinha a Dragon Quest, com seu sistema simples,  divertido e com aventuras fascinantes…
Por trás desses tipos haviam verdadeiros gênios… Pessoas de grande  talento e imaginação absurda:

Hironobu Sakaguchi, a mente que produziu a Fantasia Final, Yuji Horii,  aquele que dirigiu a Jornada ao Dragão,  Nobuo Uematsu, aquele que  compôs as lindas canções de FF, agora ao lado do estreante Yasunori Mitsuda, e Akira Toryama, que fez o design e  desenhos de DQ. O que essas nobres mentes tem em comum? Esse quinteto um  dia se juntou, sob as bênçãos da Square, para criar o melhor RPG já  feito para o Snes. O jogo que viria a ser conhecido como Chrono Trigger.  No dia 11 de março ele já estava disponível para os japoneses, e por  incrível que pareça, no dia 22 de Agosto os norte-americanos já estavam  controlando Crono e Cia em um jogo na língua inglesa! Um recorde da  Square pois até mesmo Final Fantasy demora mais tempo para sair no mercado americano!

Truce, o lugar onde Crono nasceu!
Truce, o lugar onde Crono nasceu!

O jogador começa o jogo escutando o som de balões explodindo no céu, e com a voz da mãe do protagonista chamando o seu nome: Crono, ou outro  nome, se o jogador assim escolher, já que você pode escolher os nomes de  todos os personagens do jogo! A partir desse instante a jornada  começa… Com uma história cheia de possibilidades e um sistema de  combate que unia a simplicidade de Dragon Quest com a criatividade de  Final Fantasy, CT fez um sucesso tremendo! Músicas lendárias feita pelos  criadores de clássicos Nobuo Uematsu e Yasunori Mitsuda faziam os fãs delirarem enquanto cruzavam o tempo em busca de seus objetivos. A equipe que o criou ficou conhecida  como equipe dos sonhos, e o jogo teve um alto desempenho de vendas.  Sucesso tamanho que fez vários fãs tradutores trabalharem muito para ter  o jogo em suas respectivas línguas!!!

As Pelejas!

Sistema dinâmico e divertido! Mas seja rapido ou pode se dar mal!
Sistema dinâmico e divertido! Mas seja rápido ou pode se dar mal!

Existem dois sistemas de combate, que são definidos no inicio do jogo  e podem ser configurados no futuro: o modo Wait, em que os inimigos  esperam o jogador definir os itens, técnicas e estratégias sem atacar  até que o jogador tenha ordenado seus personagens para a peleja! E o  nervoso modo Active, em que os inimigos não ficam esperando você  escolher a sua ´´Potion“: Se não for rápido podes acabar levando um  ataque do inimigo!

Diferente de jogos como Final Fantasy em que os personagens passeiam  em um mapa e de repente são surpreendidos por inimigos, em Chrono  Trigger você vê os inimigos na tela, podendo correr deles ou  simplesmente evita-los. Também não existe a conhecida ´´mudança de  tela´´ em que os personagens são transportados para um cenário especial  para lutar. Se você esbarrou em um inimigo, lutará no cenário mesmo e a  posição de seus personagens podem influenciar nos ataques dos inimigos e  nos seus ataques. Uma das partes mais interessantes do combate é que  cada personagem pode combinar suas técnicas com outro em devastadoras técnicas duplas! Ou ainda o grupo inteiro (o máximo são 3 pessoas em um  grupo) pode se unir em uma técnica tripla arrasadora! Porém algumas  técnicas só podem ser utilizadas se você tiver um item especial  equipado, então trate de procurar os itens do jogo!

O jogador viaja por vários períodos de tempo diferente, seja na antiga  pré-história, tendo que enfrentar dinossauros ou no futuro distante, em  uma corrida de motos alucinante!

Fã que é fã tatua o herói no braço!
Fã que é fã tatua o herói no braço!

Profetas da estrela de Davi, vilões com nomes de antigos roqueiros e  muita, muita viagem no tempo! O jogo conta com múltiplos finais e em  algumas partes suas opções REALMENTE alteram o destino da história!  Algumas atitudes (ou falta delas) podem fazer um final completamente  diferente se você tivesse feito aquilo ou tivesse dito sim para aquela pergunta. Por isso o jogo deve ser jogado várias vezes para ser realmente zerado. Uma curiosidade que poucos conhecem é que se for usada  alguma game genie para alterar o jogo de alguma forma (como atravessar  paredes ou coisa do gênero), aparece um Nu (um dos monstros do jogo) na  frente do domo onde está sendo construída a epoch dizendo que o Eixo do Tempo está desalinhado. Mas fora isso o jogo continua normal!

Conclusão:

Dois fãs muito empolgados! Na minha época eu também fiz cosplay de Crono!
Dois fãs muito empolgados! Na minha época eu também fiz cosplay de Crono!

Um jogo imperdível, vale a pena dar uma checada nele! Dia 20 de  Novembro de 2008 vai sair uma versão para o DS. Parece ser um simples  port, mas os extras valem muito à pena para se ver! Diferente da versão  remake feita para um console chamado Play… Plaistu…  Play-algumacoisa, em que conseguiram deixar o jogo um pouco mais lerdo  que a versão do SNES (se você sair de uma casa para o mapa principal, a  troca de telas demorava pacas!) e só adicionaram conteúdo nos finais,  com umas cenas de anime, nesta versão foram adicionadas novas dungeons,  uma delas feita pelos criadores do jogo e que não foi colocada no  cartucho de Super Nintendo por falta de espaço!

E lembre-se: se encontrar uma  oportunidade para voltar no tempo, corra para uma loja de jogos antigos  mais próxima e garanta seu cartucho de Chrono Trigger! Só não se esqueça  de voltar logo, pois senão pode acontecer cada coisa…

O cartucho original! Quem dera se eu tivesse um desses...
O cartucho original! Quem dera se eu tivesse um desses...

Até a proxima! (ai ai minhas costas…)

Chrono Trigger: O Filho da Equipe dos Sonhos
Tagged on:                     

10 thoughts on “Chrono Trigger: O Filho da Equipe dos Sonhos

  • 29/10/2008 at 8:15 pm
    Permalink

    Caro Naiyan, não é que eu tenha esquecido o celebre Yasunori Mitsuda, mas é que quis por um paralelo com 2 grandes funcionarios das 2 maiores empresas de RPG de Video Game no japão. Mas você está certo, deixar Yasunori Mitsuda de fora não dá mesmo. Vou dar uma editada no artigo! Muito obrigado pela sua observação!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 30/10/2008 at 3:20 pm
    Permalink

    Chrono Trigger é um RPG fantástico! Por incrível que pareça só fui jogá-lo pra valer mesmo este ano! Ainda não o terminei, sendo que atualmente estou me dedicando a evoluir os personagens no seu nível máximo, para assim poder cumprir todas as side-quests do game sem muitos problemas e poder dar uma “sova” no maldito Lavos! É aquela história… antes tarde do que nunca! Só me arrependo de não ter jogado este grandioso game antes, pois ele é classe A mesmo!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 31/10/2008 at 8:51 pm
    Permalink

    Ora, ora, Senhor do Tempo! O que o senhor faz por aqui, em meio a tanta tecnologia? XD

    Mas de fato, a equipe de CT é muito boa e o jogo é excelente. Apesar de eu ainda classificar como melhor RPG de SNES o FF6, eu tiro o meu chapéu e o dos outros tb por esse clássico de personagens cativantes e história envolvente.

    Mal posso esperar pra ver o remake!

    Um beijo nessa sua carequinha, Senhor do Tempo! =*

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 01/11/2008 at 12:42 am
    Permalink

    Sabe como é, dormir na frente de um poste o tempo todo me fez ter dor nas costas e o médico pediu para que eu fizesse uma atividade fisica. Como a unica coisa que não dói em mim são os dedos, resolvi escrever neste Blog… Atividade fisica, hein, hohoho cof cof…

    FF6 é um excelente jogo, um verdadeiro classico. Merece uma materia no Gagá Games com certeza! Dificil é achar um RPG ruim no Snes!!!

    Abraços, nobre Androide! Lembranças para o velho Wren, e que ele mande uma chuvinha para Fortaleza… Sabe como é, aqui tá quente demais!!!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 01/11/2008 at 7:41 am
    Permalink

    ainda lembro d minha 1ª vez com CT: uma louca obcecada por games tentando fazer todos os finais!! ^^- realmente o jogo + cativante d minha longa peregrinação gameniana, junto às versões de legend of zelda q pude jogar!! ^_^ <3

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *