banner-psg1

Jogo rápido no nosso diário de bordo hoje. Não deu tempo de jogar muita coisa, mas o importante é manter o ritmo da nossa tradução. Ou você ainda não sabe que estamos traduzindo o jogo do japonês para o português?

Hoje nós finalmente chegamos ao planeta do gelo, Dezóris!

psg1-20100606-075140

Vocês devem se lembrar que Tajim, o mestre de Noah, mandou o grupo acabar com os dragões sagrados, não é mesmo? Pois é, nós derrotamos o dragão do fogo e, de quebra, aposentamos a Medusa na edição passada do nosso diário. E qual seria o próximo passo? Ir atrás do dragão do gelo em Dezóris. Sei disso porque o Tajim diz que ia mexer os pauzinhos dele para liberar o acesso à vila dezoriana de Aukbar depois que o grupo acabasse com a Medusa e o Dragão Vermelho.

Fui até Dezóris. O planeta é um tanto inóspito e a colonização dos palmanos (nativos de Palma, o planeta de origem de Alis) avançou muito pouco. Não há espaçoporto, apenas uma pequena colônia palmana — a cidade de Skure, onde Alis e seus amigos aterrissam com o Luveno.

psg1-20100606-075143

Eu curto muito Dezóris. É um planeta de clima hostil, cheio de criaturas enormes como dragões, titãs e mamutes. Estou muito curioso para ver como ficaram essas “simpáticas” criaturas no remake. Como os dragões foram “promovidos” a criaturas sagradas no remake, talvez eu não tope com os dragões brancos com os quais topava rotineiramente no jogo original.

Aliás, eu já mencionei que o dragão branco é minha criatura favorita no Phantasy Star original?

ps1-whitedragon

O cara é tão grande que tem que abaixar a cabeça para caber no labirinto! E nem é chefe não, é só mais um inimigo comum de Dezóris. Bizarro.

Bom, voltando ao diário, Skure parece uma cidade como qualquer outra, graças ao controle do clima. Ainda assim, segundo os habitantes, faz um pouco de frio por lá. Mais algumas informações interessantes: um sujeito me avisa que para falar com os nativos de Dezóris em Aukbar eu vou precisar do anel dezoriano, senão eu não vou conseguir entender o idioma dele. Aliás, cai bem a lista de itens vendidos em Skure, não é mesmo?


psg1-20100606-075845Guia de compras em SKURE

ルオギニン, Dimate, 150 mesetas
トリメイト Trimate, 300 mesetas
ソルアトマイザー, Sol Atomizer, 250 mesetas
アトラス, mapa, 150 mesetas
エスケープクロース, Manto, 25 mesetas
サーチライト, Lanterna, 80 mesetas
デゾリアンリング, Anel Dezoriano, 6000 mesetas

マーブルタスク, Marble Tusk, 6250 mesetas
ガトリング, Gatling Gun, 22600 mesetas
ダイヤの鎧, Diamond Armor, 22300 mesetas
アニマルグラブ, Animal Glove, 6700 mesetas

NÃO DEIXE DE COMPRAR O ANEL DEZORIANO!


Tem que ver se você tem grana para comprar alguma coisa aí. Eu confesso que estou liso 🙂 No jogo original, Dezóris era um ótimo lugar para se ganhar dinheiro, então nesta semana vou tentar faturar um dindin, e semana que vem digo se vale a pena comprar algo por aqui.

Em Skure, também é mencionado o planalto onde eu vou achar a noz de Laerma, e lendas que dizem que há dois armamentos de lacônia no planeta. Um sujeito fala sobre a tocha eclipse, a chama sagrada do povo dezoriano que fica acesa durante o eclipse que ocorre a cada mil anos no planeta.

Eclipse? Sim senhor. E o remake é bem específico, dizendo que a cada mil anos um planeta passa na frente do sol e faz as trevas caírem sobre Dezóris. Não vou soltar um baita spoiler por aqui, mas algo me diz que essa história tem algo a ver com um grande segredo que só vai ser revelado em Phantasy Star IV…

Para fechar, alguém diz que Frost Dragon, o dragão do gelo, vive aqui neste planeta. Quem viver verá.

Semana que vem a gente visita a vila dezoriana de Aukbar!

Diário de bordo Phantasy Star Generation:1, 07/06/2010

12 ideias sobre “Diário de bordo Phantasy Star Generation:1, 07/06/2010

  • 07/06/2010 em 10:41 am
    Permalink

    Que lindo Dezoris, é também meu planeta preferido, principalmente no PSTAR IV!

    E esse lance de eclipse, agora entendo melhor o que ocorrem PSTAR IV!! Não, eu nunca terminei o primeiro PSTAR, por isso algumas coisas ficaram meio perdidas no Diário do PSTAR IV que fiz ano passado….

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 07/06/2010 em 1:26 pm
    Permalink

    Boas Orakio. Continua assim, apesar de achar que esta semana foi um bocado fraco, mas como deste os teus motivos, entende-se.

    Em relação ao White Dragon, se não me engano há desses também no PSG:1, mas como não o vejo na lista de inimigos no PSCave, ou posso estar enganado ou mudaram-lhe o nome, daí eu não saber dele.
    Há um Frost Dragon, não sei se será esse. Como está na lista de regular enemies…

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 08/06/2010 em 5:01 am
    Permalink

    Chgando nos momentos cruciais da aventura, mal posso esperar!

    Medo dos White Dragons, pior que isso só quando aparecia QUATRO MAMUTES, ai eu me cagava todo…Phantasy Star plantou até a semente do survival horror, hehe.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 26/12/2010 em 2:13 pm
    Permalink

    I love Dezoris. It’s appropriate for Winter here, too – we have over a meter of snow outside!

    It’s odd how powerful the enemies are in this one. A blue slime just killed Alis and Myau?? And the battles take forever.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 09/05/2011 em 10:10 am
    Permalink

    Olá amigos.

    Fiquei muito feliz de encontrar pessoas que ainda sr amarra de jogar os clássicos da Sega. A primeira vez que joguei phantasy star 1 foi em 1991, quando eu tinha 11 anos. Hoje sou advogado e tenho 31 anos. Vídeo game e um dos meus hobbies e obtém mesmo eu zerei o phantasy star 3 no PS3, naquele blueray da sega com alguns clássicos do mega drive. Com isso eu já zerei o phantasy star 1, 3 e 4. Resta apenas o 2. Mas depois que eu vi esse pronto do phantasy star generation 1 e 2 fiquei louco. O game esta perfeito! Fiquei indiguinado com a posição da Sega Enterprises em so lançar o jogo no Japão. Meus amigos quando tiverem a tradução por favor me avisem. Quero muito este jogo. Abraço amigos. Breno

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *