bann-marioOpa! Mais um capitulo do diário de Bordo!

Pois bem, após descer a cachoeira e saber que havia um problema na vila rosa, pego a Rosavia, um caminho para a tal Vila. Diferente das outras vias (que eram estradas normais) nesta você voa nos blocos com face dos jogos de Super Mario! Vou voando pelos blocos e descubro uma parte bem interessante… O jogo é cheio de tesouros de difícil acesso, então, seguindo a lei de Cosmão para os video-games (Se um item está em um lugar difícil, ele é realmente valioso) fui tentar pegar uma arca que estava num canto bem difícil de pegar (tinha que pular em um bloco e rapidamente pular para outro, além de ter que descobrir um truque para unir os blocos…). Como penei para conseguir!!!! Me senti um moleque catarrento jogando Megaman e caindo das plataformas(blocos, no caso)! Após inúmeras tentativas infrutíferas, consegui pular no bloco abaixo da arca e… CAIO DESTE LOGO DEPOIS!!! Enfim, consigo pegar o item (É um vaso de flor, que apesar do nome másculo é um dos itens mais legais do jogo, pois ele aumenta os seus pontos de flor que são tão pouquinhos e alimentam as magias). Aê, um jogo que segue a lei de Cosmão! Após muito voar em blocos, antes de sair da Rosavia, vejo meu rival e inimigo maior Bowser com seu exercito de Tartarugas! Pelo visto eles estão tentando tomar o covil que foi tomado pelo Smith. Como não sou nem besta, fico na surdina observando meu rival ir marchando para o seu antigo lar.

Consegui!
Consegui! Peguei o Baú! Valeu a pena jogar tanto Ninja Gaiden...

Eu chego na Vila Rosa (que não é rosa, por sinal) e vejo o porque do FrogFuccius ter pedido para ir lá: Its raining Arrows! Sim, o negôcio tá brabo, os pobres cogumelos estão sendo atingidos por flechas que caem sem motivo nenhum na cabeça deles, e ainda os deixa paralisados.  Um pobre cogumelo está tentando voltar pra casa, mas o pirralho do seu filho recolheu a escada e como a casa dele fica alta, sobra para o encanador bigodudo… Vou até lá e ativo a escada, porém antes de sair vejo dois tesouros, aos quais pego, seguindo a regra clássica dos RPGs de que: Se está em um baú, pode pegar. Entretanto o cogumelo era exceção a regra e ralha comigo por ter pego o tesouro dele! Poxa, quem nunca  afanou baús pegou itens de baús “emprestados” nos jogos de RPG? Sou honesto e assumo o crime, mas ele não fica chateado e até me dá uma dica para achar um tesouro na floresta! Vai entender… Fuçando pelo lugar encontro uma  casa aonde vejo um garoto brincar de bonecos do Mário, Bowser e Princesa… Resolvo brincar um pouco com o moleque (usando o boneco do Bowser!) e ele pega um boneco especial chamado Geno, que tenta salvar a princesa após ela ter sido capturada. O fato é que o menino aperta um botão do boneco e o braço dele vai parar na minha cabeça, feito um míssil! Mesmo Mário tendo enfrentado tantos inimigos poderosos, ele não pode resistir ao impacto do boneco (vai ver era de chumbo!) e cai inconsciente.

Enquanto Mário dorme, um fenômeno purpurinado mágico ocorre com um dos bonecos do cogumelinho, o tal do Geno. Ele é envolvido em uma luz e se torna um boneco gigante (cacildiz!) saindo da casa do garoto! De manhã ele tenta convencer a mãe de que o boneco saiu andando para a floresta e está apenas acha que é uma das histórias fantasiosas do filho. Achando a história estranha, decido ir atrás do boneco na floresta. Uma pequena dica do Bangagá: Se você estiver atrás de um boneco gigante, não comente com as pessoas, elas podem achar que você não bate bem da cabeça…

Eu não estou louco! Era um boneco gigante!
Eu não estou louco! Era um boneco gigante!

Será que Mario irá encontrar o boneco, ou na verdade tudo foi uma ilusão gerada por um cogumelo alucinógeno? Descubra no próximo capitulo do Diário de Bordo!

Diário de Bordo: Super Mário RPG (6)
Tags:                             

4 ideias sobre “Diário de Bordo: Super Mário RPG (6)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *