consoles-todos BANNER

Leia todos os posts desta série clicando aqui.

Olá leitores do Gagá Games! Em uma série de seis posts, pretendo resumir um pouco as sensações que tive ao experimentar alguns dos principais consoles que marcaram minha vida até a geração 32 bits. A narrativa compreende um período de 10 anos, começando com o Atari 2600 em 1984 e terminando em 1994 com o 3DO. Espero que gostem!

Capítulo 1: Atari 2600

consoles-atari

O primeiro console que vi na vida, aos 6 anos, não era meu na verdade; pertencia ao meu irmão mais velho. Apesar disso, usufrui bastante do brinquedinho.

Lembro que ao embalar a caixa escondido do aniversariante, meu pai pediu para que eu mentisse, dizendo ser um cobertor em vez de um videogame. Não era o caríssimo Intellivision que meu brother ansiava, mas mesmo assim ele ficou bem feliz ao ver a marca Atari estampada na caixa, entendendo a situação financeira limitada da família naquele momento. A embalagem também continha dois cartuchos: PACMAN e Missile Command.

atari-jogos

Com isso, o aclamado COME-COME foi meu primeiro contato com games eletrônicos caseiros (já conhecia fliperamas). Conseguimos emprestado na mesma noite uma fita do Enduro, uma corrida estilo Fórmula 1 que despertou paixão em todos, inclusive nos meus pais. Por incrível que pareça o Atari 2600 foi o único videogame, até o lançamento do Nintendo Wii, que trouxe interesse aos meus pais. As gerações subsequentes começaram a introduzir mecânicas mais complexas, afastando-os dos joysticks.

Características marcantes da época: troca-troca de cartuchos com amigos e colegas. Assoprar a fita quando o console não conseguia ler o jogo também era uma prática comum. Nossos responsáveis não deixavam que a gente jogasse muito com medo de estragar o tubo de imagem da TV. Dividir a TV entre o videogame e a hora da novela/jornal. Jogos de poucas fases, que se repetiam até o game over.

atari-jogos2

Games preferidos deste aparelho:

– H.E.R.O.

– Seaquest

– Adventure

– Enduro

– Congo Bongo

– Moon Patrol

– Megamania

– Pitfall

– X-Man

– Frosbite

– River Raid

E você, gostaria de compartilhar como foi sua experiência com o Atari 2600?

Próximo capítulo: ZX Spectrum.

Momentos Inesquecíveis (parte 1/6)

26 thoughts on “Momentos Inesquecíveis (parte 1/6)

  • 02/03/2011 at 8:36 am
    Permalink

    H.E.R.O. e Megamania: os dois jogos que estão no meu Game Room da Microsoft na Live (aliás, recomendadíssimo esse negócio, você joga vendo updates em tempo real dos scores de todo mundo, empolgante). Parece que temos bastante em comum, pelo seu post vemos que são dois jogos favoritíssimos aí em sua casa também 😀 os melhores tempos da Activision estão no querido Atari 2600.

    Essa série vai ser divertida, já aguardando a parte do ZX Spectrum!

    Abração!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 02/03/2011 at 8:59 am
    Permalink

    Missile Command. Foi o primeiro jogo de videogame que joguei na vida! Esse cartucho veio junto com meu Atari da Polyvox. As lembranças de quase todo mundo dessa época são parecidas com a sua. Porém, meu jogo preferido do Atari é o River Raid. Aguardando as outras partes.

    Falow!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 02/03/2011 at 10:22 am
    Permalink

    Não me lembro com que idade ganhei meu Atari 2600 (ou melhor, meu pai o ganhou). Acho que foi em 1991, quando eu tinha 5 anos. Mas me lembro que meu avô (que manja das marcenarias) confeccionou uma grande maleta de madeira para acomodar o console, os joysticks e os cartuchos. Era lindo.

    Meu jogo favorito, não me recordo o nome, era um de corrida, em que, conforme você avançava pela pista, as estações iam mudando (me lembro que tinha até neve).

    Eu também gostava de Pitfall, mas perdi o encanto com o jogo no dia em que, logo ao iniciá-lo, descobri que podia chegar ao “final” indo para a esquerda.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 02/03/2011 at 10:38 am
    Permalink

    @Eric Fraga

    Opa fera! Obrigado por prestigiar nosso espaço, sua presença é nobre! 😀

    H.E.R.O é um jogaço mesmo, só que não sou muito bom nele não, quando começa a aparecer aquele monstro aquático e as bombas acabam, me obrigando a ter que destruir as paredes com o raio, eu me borro todo, rs.

    Sempre tive vontade de “fechar” este game, mas outros mais modernos acabam me desconcentrando.

    Engraçado que coincidiu seu video com memórias e estes posts que já preparei contando minhas experiâncias, rs.

    Abraço, tudo de bom!

    @piga

    Queria saber mesmo se as lembranças são parecidas e vejo que são mesmo. River Raid é um jogo bem viciante também! Abraço!

    @Onyas

    Bem lembrado, Keystone Capers, ou como nós chamávamos: O guardinha do supermercado, hehehehe.

    @Hideto

    O jogo que você se refere chama-se Enduro, o mesmo que citei no texto. Até meu pai jogava esse.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 02/03/2011 at 10:57 am
    Permalink

    @Eric Fraga

    Opa fera! Obrigado por prestigiar nosso espaço, sua presença é nobre!

    H.E.R.O é um jogaço mesmo, só que não sou muito bom nele não, quando começa a aparecer aquele monstro aquático e as bombas acabam, me obrigando a ter que destruir as paredes com o raio, eu me borro todo, rs.

    Sempre tive vontade de “fechar” este game, mas outros mais modernos acabam me desconcentrando.

    Engraçado que coincidiu seu video com memórias e estes posts que já preparei contando minhas experiâncias, rs.

    Abraço, tudo de bom!

    @piga

    Queria saber mesmo se as lembranças são parecidas e vejo que são mesmo. River Raid é um jogo bem viciante também! Abraço!

    @Onyas

    Bem lembrado, Keystone Capers, ou como nós chamávamos: O guardinha do supermercado, hehehehe.

    @Hideto

    O jogo que você se refere chama-se Enduro, o mesmo que citei no texto. Até meu pai jogava esse.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 02/03/2011 at 3:39 pm
    Permalink

    A maioria dos jogos do Atari 2600 são simples, mas em compensação divertidos ao extremo! Até hoje jogo (via emulador, pois meu velho Dactar já foi pro limbo há tempos) vários games do Atari 2600, e sempre vou falar de seus títulos na minha coluna semanal aqui no blog. Atari 2600 é eterno!!!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 02/03/2011 at 8:30 pm
    Permalink

    @Tandrilion, O Matusalém Engraçado que por aqui aonde moro, Keystone Capers era conhecido como “Pega Ladrão” pela temática óbvia. Posso destacar aqui do Atari, Pitfall, Keystone Cappers, River Raid, lembro de um que não recordo o nome, mas você seguia numa vertical e tinha um hud embaixo da tela simulando batimentos cardíacos. Aliás, se compararmos com o Ms Pac Man do próprio atari, percebe-se que o PacMan de atari é bem porquinho.

    Havia um clone de pacman que todos jogavam por aqui, o interessante é que o “personagem” era uma dentadura (ou algo do tipo) e ao recolher todas as pílulas, uma escova de dentes o escovava, chamavamos o jogo de “escovão”.

    Resumindo, mesmo que só tenha lembranças mais concretas a partir do mega drive (no NES ainda é meio vago), o Atari me divertiu muito

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 02/03/2011 at 10:11 pm
    Permalink

    O primeiro que eu joguei foi river raid no vizinho pois eles tinha condições na epoca de ter um Atari nos horarios politicos eles jogavão e eu sempre ia la´pra jogar .Depois desse foi pacman e veio varios depois desses eu só fui ter depois de um tempo um amigo do meu irmão nos deu com um jogo de uma menina que tinha que chegar num ponto e clicar em cima .Para que pudesse subir para chegar no alto e só tinha 2 fases o jogo não me lembro o nome desse jogo .

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 03/03/2011 at 12:24 pm
    Permalink

    Adorava correr igual um maluco no Pitfall ! Não entendia qual era daquele game então eu ficava correndo desenfreadamente pelas telas até cair num buraco ou um escorpião me pegar ou que quer que pudesse atrapalhar minha corrida ! Era engraçado…

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 03/03/2011 at 5:23 pm
    Permalink

    Belo post! Com certeza acompanharei a saga até 1994, rs…

    Falando de Sea Quest… Cara, quantas boas lembranças!Passava horas jogando esse jogo e de fato toda a família se envolvia (tias, tios e pais) pra ver quem pontuava mais.

    Até hoje Sea Quest é meu jogo preferido do Atari, rodou muito no meu Dactar! Fugindo um pouco do assunto, alguém teria uma lista de Shmups do console?
    É que na época eu jogava um jogo de nave FODA DEMAIS no Dactar, só que não consigo mais me lembrar o nome de forma alguma! (Antes que alguém comente, não é River Raid)

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 05/03/2011 at 11:34 am
    Permalink

    Amigos, essa é a primeira vez que comento, mas já venho acompanhando vocês desde foram citados no site do Olhar Digital.

    Tenho 41 anos e acompanhei o advento dos videogames de forma muito intesa.

    Na minha modesta opinião, o melhor game do Atari 2600 foi o clássico da Imagic chamado “Moonsweeper”.

    Abraços a todos.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 06/03/2011 at 2:06 pm
    Permalink

    Moon Patrol foi o meu primeiro game favorito, não era muito fã de pacman devido a dificuldade (coisa normal na época), mas até conhecer Super Mario Bros, nada era mais empolgante do que dar uns tiros pra cima e pra frente escapando de crateras na lua!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 08/03/2011 at 12:34 pm
    Permalink

    E aí Tan e equipe do Gagá? Como vai a vida? Eu tô meio inativo esses últimos meses porque baixei o ZSnes e tô jogando um monte de jogo, além de Sonic Heroes, jogo que marcou minha infância quando eu tinha um GameCube e que eu considero o melhor Sonic em 3D de todos os tempos! Eu tô planejando um Review dele lá no TF!

    Bem,indo ao assunto… O MSX por acaso vai aparecer nessa Saga? É que eu encontrei o do meu pai trancafiado num armário do meu vô no Natal! Acredita? xD É que eu quero ver se você já teve essa maravilha…

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 30/03/2011 at 10:23 am
    Permalink

    Assim como vc o primeiro contato que tive tb foi como Atari 2600, mais era de um primo, tinha tb seis anos e achava aquilo a coisa mais inovadora e impressionante da face da terra, eu podia controlar a imagem da televisão! não me lembro o jogo que eu mais gostava mais me lembro que era um cara com uma mochila estilo caça-fantasmas nas costas. Neste mesmo dia tb joguei pec man. Não joguei muito pois meu irmão e meu primo por serem mais velhos quase não deixava que eu jogasse! mais lembro muito bem como era bom controlar a imagem da televisão pela primeira vez!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 06/07/2011 at 10:09 am
    Permalink

    Meu primeiro contato foi com um Super game CCE (sigla significa Começou Comprando Errado) que meus pais me presentearam quando eu tinha passado de ano e isso fez com o Old Gamer que sou hoje.
    Cheguei a juntar uns 250 jogos e depois troquei por um top game na época mas isso é outra história . . .

    Jogos preferidos:
    PAC Man
    Enduro
    Moon Patrol (a músiquinha é show)
    River Raid
    Frostbite (ou Gelinho)
    Keystone Kappers (Jogo da Policia)
    Yars Revenge
    Bowling
    Boxing
    Megamania
    Demon Atack
    Crackpots (viciante até hoje)

    Atari nunca será esquecido mas não pagaria R$ 2.500,00 só pq está lacrado, é muito dinheiro e daria para comprar um PC Engine com muitos títulos que para mim seria uma aquisição melhor mas tem gente que pode né.
    é isso

    Ulisses Old Gamer 78

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 29/10/2011 at 1:40 pm
    Permalink

    A minha experiencia se deu em 1986 com o atari do meu irmão que continha quatro jogos cl´ssicos que até hoje são os meus favoritos: River Raid , Sea Quest , Snoopy vs Red Baron e Enduro foi uma época mágica de quando criança descobria novas tecnologias.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *