flintstones-banner

Eis aqui um joguete que nunca conseguir terminar: Flintstones, de Mega Drive. Diferente de outros jogos, o motivo aqui é que sou muito ruim no game mesmo, nada de por a culpa em controles escabrosos nem nada. Até porque o game tem controles bem firmes.
Flintstones de Mega resume bem tudo que um bom game de plataforma precisa para ser PRAZEROSO de se jogar: um bom frame-rate, gráficos coloridos, fases com ótimo design, variação de fases, itens variados e interessantes, uma boa dose de exploração com diversas passagens secretas que muitas vezes levam à bônus, etc…
No jogo, controlamos Fred, que precisa realizar uma penca de tarefas, cada uma simbolizando uma etapa, ou estágio. os estágios tem sua divisão dentro da fase mesmo, simbolizado por plaquinhas, geralmente 4 por fase. A cada vez que Fred passa por uma placa, um som confirma a passagem e aquilo ali servirá como checkpoint, caso morra.

flinstones_006Sua única arma é sua clava, por onde destrói os inimigos e quebra balões…balões naquela época ? Podiam ter colocado ovos, sei lá… Na primeira fase, temos que encontrar um colar para Vilma, ali em Bedrock mesmo, nas montanhas. A fase toda é com o tema das cavernas, com casas de pedra, cavernas, dinos perdidos, pterodáctilos, entre outros. Fred nessa fase, inclusive, pode encontrar um ovo, destruí-lo e montar uma ave (ave?) e sair voando para coletar itens, tudo com tempo limitado, claro. Na segunda etapa já temos uma boa variação, sendo a fase toda dentro d’água: Fred precisa encontrar o anzol da sorte de Barney, que está perdido na Lagoa dos Ossos. A fase é longa, cheia de espinhos e peixes safados. A terceira etapa varia denovo a jogabilidade colocando Fred e o jogador para pilotarem o carro da família em busca de Pedrita que fugiu e se perdeu. Tudo isso com direito ao carro ir perdendo pedaços quando leva dano e com muitos saltos durante o percurso, que não  é curto.No final de cada fase temos um chefe, muitas vezes meio complicado de se vencer pois exige alguma precisão com a clava de Fred. Além disso, muitas vezes é preciso usar o cenário ou algum elemento do mesmo para se obter êxito.

uma das melhores músicas do jogo se encontra nessa complicada fase
uma das melhores músicas do jogo se encontra nessa complicada fase

Como eu já mencionei, o jogo é muito colorido, bonito, com ótimas músicas e uma dificuldade excelente, nem tão difícil, nem tão fácil. Os itens são bem variados também, indo desde maçãs para repor energia até corações negros que representam mais um ponto de energia na barra, estrelas que valem pontos e um peso que aumenta o poder de ataque de Fred (esqueci de mencionar que dá pra segurar o botão de ataque para uma TACADA mais forte). Às vezes, somente de se segurar o botão e soltar diante de um chefe, economiza-se, além de energia (qualquer encostada no chefe se vão de 2 até mais corações), tempo, pois os chefes demoram pra serem derrubados.

flinstones_028Além disso, as vidas estão presentes em lugares bem escondidos, bem como os bônus. Além de saltar e atacar, Fred pode também se pendurar em plataformas a lá Lara Croft, um movimento perfeito para se alcançar lugares altos. Só digo que faltou uma coisa na jogabilidade: a opção de se olhar pra cima ou pra baixo, similar aos jogos Sonic ou Super Mario. Isso evitaria algumas mortes indesejadas na ânsia por exploração.
As músicas do jogo são excelentes no seu total, mas destaco a música da fase da água como a melhor do jogo. São melodias simples, mas que cativam, realmente um trabalho primoroso.
Enfim, não há muito mais o que se dizer sobre o game, apenas uma coisa: se não conhece, jogue. Como um plataforma, é um excelente jogo que vai entreter os simpatizantes do estilo. Como representante do desenho animado, é um dos melhores jogos baseados no mesmo.

O Velho Piadista jogou e aprovou: Flintstones (Mega Drive)
Tags:         

10 ideias sobre “O Velho Piadista jogou e aprovou: Flintstones (Mega Drive)

  • 12/07/2009 em 12:12 pm
    Permalink

    Taí, esse foi o primeiro jogo que eu achei ter zerado quando criança (Tá, eu jogava no Easy com 8 anos de idade, mas ainda assim era foda) no entretanto no easy não eram todos os estágios, e até hoje eu não zerei.
    De fato, um jogo foda.
    Minha namorada tem curtido muito jogos de plataformas, ela gostou de Super Princess Peach e Mario no meu DS. Coloquei certa vez pra ela jogar esse jogo num emulador… Ela não conseguia passar nem das cobras da primeira fase. 😛

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 14/07/2009 em 11:25 am
    Permalink

    Esse não joguei infelizmente!! Mas em seu texto tem uma frase que me chamou atenção “prazeroso”!! Essa sensação nos jogos atuais anda cada vez mais antiga!! Esse jogo me lembrou Joe e Mac ? Alguém jogou ?

    ps: Como faz para eu colocar foto (avatar)como de vcs (em cima do nome)?

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 14/07/2009 em 12:34 pm
    Permalink

    Ivo, pra por a foto, basta ir nas suas configurações no site da wordpress e mudar o GRAVATAR.

    Quanto ao jogo, lembra um pouco Joe e Mac sim, principalmente por Fred usar sua clava como arma principal (e única, no caso desse jogo).

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 26/07/2009 em 3:35 pm
    Permalink

    esse jogo apesar de ser antigo e sem muito grafico muitas pessoas curtem muito uma delas sou eu eu variei com esse jogo quando vi. pena qe faz tempo qe eu naum jogue mas ainda me lembro vou ter qe jogar de novo para conferir se ainda acho muito da hora e assim tento bater a final qe qando era mais novo naum sabia jogar muito bem até mais…

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 01/08/2009 em 9:07 am
    Permalink

    @Ivo
    Na verdade não precisa ter wordpress não. Você visita o site do gravatar, abre uma conta e sobe uma imagem. Aí você relaciona essa imagem a um endereço de email. Quando postar um comentário por aqui, preencha o campo “email” com o email cadastrado no gravatar e pronto. Ao menos eu acho que é isso, mas a memória tem me pregado peças…

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *