(continuação da minha saga para zerar Tales of Phantasia. Clique em “Tales of Phantasia” no menu do blog para ler os episódios anteriores)

Há! Achei Thor! 🙂

Deu algum trabalho, mas encontrei a maldita cidade, ela não fica marcada no mapa. A cidade agora está na superfície, e está bem mais bonita, embora um bom jardineiro pudesse fazer milagres no local. Tem até uma TV funcionando. O grupo assiste a uma transmissão que informa sobre um momento histórico, o dia em que Tor e Fenrir entraram em guerra.

Não, Oz, eu já falei, eu só quero uma pizza de mussarela!

Andando mais um pouco encontro novamente Oz, o computador carecão. Eu pergunto sobre Aska, o espírito da luz, e o Oz diz na maior cara de pau que eles capturaram Aska, fizeram testes por dois anos e desistiram. Sim, desistiram e deixaram a pobre da Aska presa por séculos!

Eu peço ao Oz que liberte a Aska e ele diz: tá legal. Aska fica muito agradecida pela caridade e aceita nos ajudar. Ou seja: agora o Klarth pode invocá-la.

Amanhã: atravesso a maldita floresta Ymir para que Origin faça de uma vez por todas a arma que permite manipular o tempo e derrotar Dhaos!

Tales of Phantasia: diário de bordo, 22/10/2008
Tagged on:                     

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *