Demorei pra postar esta parte, hein? Para piorar, perdi a screenshot original que usei no post do GameBlog na época porque sou um lerdobaldo e esqueci de fazer backup desta parte na época. Só achei o texto do diário nos arquivos da Web, sem a screenshot mesmo 🙁 Portanto, vou colocar outra imagem qualquer só para o post não ficar sem sal…

Dia de muita ação em Panzer Dragoon Saga, o negócio pegou fogo! É fortaleza voadora sendo invadida, dragão malvado sendo derrubado e uma cidade inteira sendo destruída! Se tivesse um casamento, seria melhor do que último capítulo de novela!

Depois de ter aquela “visão do mal”, Edge sobe no dragão e vai atrás de Mel-Kava, a fortaleza voad0ra que serve como guardiã da torre. Mel-Kava é bem grande, e Edge destrói uns três reatores diferentes lá dentro.

Depois de destruir o último reator, o caminho para a torre fica livre, e Edge acha que sua dor de cabeça terminou. É, só que Azel está de volta, com o dragão Atolm. E para piorar, Atolm vem em ritmo de carnaval, com uma baita alegoria anexada ao corpo, disparando um monte de tiros assustadores. 

Chato o Orakio ter perdido a screenshot desta parte, hein? Bom, essa aí deve servir… ou não?

É claro que Edge acaba ganhando a briga, e ainda salva Azel de uma queda livre bastante desagradável. Mas aí é que a coisa fica preta de verdade: uma enorme sombra se projeta sobre a cidade de Zoah. É uma nave GIGANTE do Império, devidamente acompanhada por uma baita frota. A câmera mostra Paet lá em Zoah, consertando a nave e parando, assustado, para contemplar a ameaça. Aí a tal nave dá um tiro master-blaster e pulveriza a cidade. Simples assim. Sem chororô, esqueçam esse negócio de morte da Aeris.

O que tem nesse vídeo? Tudinho: destruição de reatores, Edge salvando Azel, destruição de Zoah… coisa de cinema, dá uma conferida. E se não for pedir muito, deixe um comentário aí dizendo o que achou *apelo inútil do Gagá* 🙂

Na próxima parte: a morte do risadinha! Até que enfim aquele maldito bate as botas!

Diário de bordo Panzer Dragoon Saga (23/30)

5 ideias sobre “Diário de bordo Panzer Dragoon Saga (23/30)

  • 25/03/2012 em 9:21 am
    Permalink

    poxa, essa batalha contra esse reator, parecia até batalha final. e veja só, quando finalmente tenho folga para instalar o Satourne e ver se esse game roda, o bendito do meu irmão e os chapas aqui estragaram o mouse, jogando League of Legends….

    MMMO é um porre 🙁 malditos jovens do Reggae que não sabem o que é jogos de verdade.

    e a destruição da cidade foi chocante…e a morte da Aeris nem ganha disso, me chamem de sádico, aposto que fui o unico a gargalhar na morte dela. hahahahahaahah,bwahahahahahaah.

    e gostei das tirinhas. mas quem é que se chama Eustáquio hoje em dia? gostaria de saber. Hee-Hoo!!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 25/03/2012 em 10:33 am
    Permalink

    Eu tenho dois Saturns, um original, primeira versão, com botões ovais que não dá mais pra desbloquear e um da Tec Toy (assim mesmo, separado)com botões redondos para o qual eu comprei o chip de desbloqueio. Tenho os jogos de “backup” que alguém gentilmente disponibilizou na internet e nunca me interessei por este jogo. Vendo o vídeo me deu vontade de testar, mas são muitos CDs, não sei se vou ter paciência. De qualquer forma, o vídeo ficou muito bome!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 25/03/2012 em 10:51 am
    Permalink

    Bem legal essa idéia do diário de bordo! 23/30? Caramba! Você filmou a jogatina do game completo? Ou só as melhores partes? De qualquer forma ficou bem legal, mais ainda com as legendas em português. Estou fazendo algo parecido com o Mass Effect 2, mas só mostrando alguns trechos e sidequests. Lembro de um amigo que tinha o Sega Saturn e tinha esse jogo, nunca joguei porque na vez que fui só fiquei assistindo ele jogar, hahahah. Mas o game passa uma sensação bem legal de grandeza, de mundo vasto.

    Um abraço!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 27/03/2012 em 10:29 am
    Permalink

    @FrankCastle
    Gravei as partes mais relevantes e fui legendando.

    Na verdade esse diário de bordo foi publicado há uns dois anos num outro blog… na época eu não falava sobre Saturn aqui no Gagá Games. Agora estou publicando novamente por aqui, até porque o tal blog saiu do ar.

    O jogo é um estouro, vale muito a pena conhecer!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *