banner-shinmegamitensei

E vamos que vamos com Shin Megami Tensei!

Finalmente eu escapei daquele lugar azul com um negão de roupão… nossa, parecia até um pesadelo! Finalmente a rapaziada é transportada de volta para sua aconchegante cidade japonesa…

Opa! Peraí, moço, desci no ponto errado!
Opa! Peraí, moço, desci no ponto errado!

Cacilda, olhem só como ficou o Japão! Tudo destruído, gente pedindo grana na rua… acho que é melhor o Kazuya voltar para os braços do negão! Logo de cara a gente esbarra num anãozinho pedindo uns trocados, dizendo que não come há dias (acho que me transportaram para o Rio de Janeiro…). Eu recuso, mas o Yuji acaba dando uma grana para o cara, e aí leva o maior fora: “Que isso, rapá, eu não quero essa porcaria, eu quero é makka!”

O que rola é o seguinte: depois que a casa caiu no Japão, o dinheiro perdeu o valor e o que está valendo alguma coisa agora é esse tal de makka. Isso significa que minha grana foi cortada pela metade! Eu sabia que eu devia ter comprado uns dólares antes do Japão ser bombardeado!

O tampinha fica tão fulo da vida que manda um “tomara que você vire um escravo do Ozawa”. Segundo ele, se eu quiser saber mais sobre o assunto tenho que ir lá em Shinjuku (sinistro, hein? O Japão foi pelos ares, mas o shopping continua de pé!). Logo em seguida, Kazuya escuta uma voz de mulher chamando por ele, pedindo ajuda, mas só ele escuta.

Bom, como eu fiquei uns dias sem postar o diário de bordo (ossos do ofício) decidi que seria legal fazer um agrado para os meus leitores. Portanto, tomem algumas fotos de capetinhas indecentes do Shin Megami Tensei. Imprimam e colem na porta do banheiro:

shinmegamitensei_00610 shinmegamitensei_00612shinmegamitensei_00577 shinmegamitensei_00366

Achei que valia a pena destacar. Afinal, não é todo dia que vemos uma bunda num jogo de videogame 🙂

Diário de bordo: Shin Megami Tensei, 27/05/09
Tags:                     

3 ideias sobre “Diário de bordo: Shin Megami Tensei, 27/05/09

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *