Olá pessoal! Aqui é o retrogamer André Breder trazendo até vocês mais uma edição do Recordar é envelhecer! Hoje vou relembrar um game lançado para o NES que, mesmo não sendo um dos melhores, é um jogo interessante: Ghostbuster II. Tenham todos uma boa leitura e até a próxima!

Introdução

Tudo bem que hoje em dia há um novo desenho animado dos Caça-Fantasmas, que é até bacana, mas quem foi criança nos anos 80 com certeza prefere muito mais o desenho antigo e se divertiu pra valer com os dois longas-metragens da série que foram lançados para o cinema nesta época. O primeiro filme foi lançado em 1984 e mostrou ao mundo a engraçada estória de quatro caras que decidem se unir para formar os Caça-Fantasmas (inicialmente eram três caras, mas colocaram depois um personagem negro na história para o filme não ser taxado de racista), que têm como grande missão livrar Nova York do ataque de fantasmas, monstros e outras criaturas do além. O filme foi sucesso absoluto, principalmente com o público infantil.

Em 1989 acabou saindo então a esperada seqüência, que foi nomeada simplesmente de Ghostbusters II. No segundo filme os heróis devem enfrentar uma entidade maligna chamada Vigo que deseja voltar à vida e dominar o mundo. Vigo foi um soberano dos Cárpatos e da Moldávia no século XVI, só que para agravar a situação, ele foi também um tirano louco e genocida.

No ano seguinte em que saiu o segundo filme, o NES ganhou um segundo jogo dos Caça-Fantasmas produzido pela Activision, e que tinha o roteiro bastante fiel ao filme. Ghostbuster II é um jogo de ação interessante e bastante divertido, onde o jogador vai reviver várias cenas e situações do filme.

Três modos de jogo!

Existem dois modos de jogo principais. O primeiro segue mais o gênero Ação/Plataforma, e é quando o jogador está controlando um caça-fantasmas dentro de algum cenário do jogo. Durante as fases desse tipo, o jogador terá que seguir sempre para a esquerda até o final da fase. Só que, lógico, existirão vários inimigos e obstáculos no caminho para tentar impedí-lo de concluir a fase. Nesse modo de jogo o jogador poderá utilizar sua arma de ectoplasma verde e as armadilhas para fantasmas, que são bem úteis pois podem tirar aqueles inimigos chatos do caminho.

3328.pngJá o segundo modo de jogo, que segue o gênero Ação\Corrida, é quando o jogador tem que sair de um cenário do jogo e pegar a estrada com seu carro até o próximo cenário. Neste modo de jogo o jogador tem que seguir sempre para a direita, e mais uma vez encontrará vários inimigos e obstáculos em seu caminho. Com o carro o jogador pode atirar nos inimigos e também pode pular, isso mesmo, o carro pula! Deve ter uma mola ou outro acessório na parte de baixo do Hector 1 para ele fazer essa façanha.

Já nas fases que antecedem a última do jogo (que é dividida em 4 partes e segue o esquema do primeiro modo do jogo), o jogador irá controlar a Estátua da Liberdade assim como ocorre no filme, em um modo de jogo que se segue o gênero Ação/Tiro. Neste modo de jogo você irá atirar com a tocha da estátua em inimigos que virão principalmente do céu.

Gráficos e Sonoridade

Os gráficos de Ghostbusters II são bem simples, mas os cenários de fundo, em contrapartida, são bem detalhados, pelo menos. Os personagens do jogo poderiam estar melhor desenhados, mas fazer o que…faltou mais capricho nesta parte.

Os efeitos sonoros deste jogo são legais, apesar de alguns “barulhos” serem um pouco irritantes. Mas este é um jogo cômico, sobre um filme de comédia, então até que tudo acaba ficando bem condizente com o clima de “zuação” do jogo.

A trilha sonora de jogo é composta por apenas três temas. Um para cada modo de jogo! Não custava nada ter mais músicas! Se bem que o tema principal do filme se faz presente aqui, e não há como não achá-lo legal. Já os outros dois temas são bem sem graça.

Jogabilidade

Há jogabilidade é um pouco complicada e falha. Abaixo estarei explicando mais detalhadamente como são os controles do jogo de acordo com o modo da fase em que se está jogando:

Modo Ação/Plataforma:

Neste modo, com o direcional o jogador controla os movimentos do seu caça-fantasma, que pode ir para a esquerda para a direita, e também controla para onde a arma de ectoplasma estará apontada, usando os comandos para cima e para baixo. O botão Select não tem função e o Start irá soltar ao chão suas armadilhas para fantasmas, ou seja, não há como pausar o jogo! O botão A atira plasma e o B você faz com que seu caçador pule.

Modo Ação\Corrida:

Nese modo, quando você está com o carro Hector 1, o botão direcional controla seu carro nas quatro direções possíveis(para cima, para baixo, esquerda, direita), com o botão A servindo para atirar e o B para pular. Neste modo os botões Select e Start não possuem nenhuma função.

Modo Ação\Tiro:

Neste modo, quando você estiver controlando a Estátua da Liberdade, o botão direcional serve para movimentar a estátua para a esquerda e para a direita, já os comandos para cima e para baixo não tem nenhuma função, assim como os botões Select e Start. O botão A atira bolas de fogo da tocha e o botão B serve para se atirar para o alto da tela o documento de pedra que a estátua carrega, fazendo com que todos os inimigos da tela sejam destruídos. Só que isto só pode ser feito uma única vez, a menos que você consiga recuperar este poder ao pegar um outro documento de pedra que aparecerá aleatoriamente durante a fase deste modo após você ter utilizado o primeiro.

Dificuldade

3354.pngO jogo é bem difícil. Em ambos os modos de jogo a dificuldade é bem elevada, com muitos inimigos e obstáculos para serem vencidos. Tanto no primeiro, quanto no segundo modo de jogo, você não tem barra de energia, ou seja, basta ser atingido ou esbarrar em algum fantasma para perder uma vida. E o primeiro modo de jogo é de todos, o mais difícil, onde até mesmo o plasma verde que você usa para destruir seus inimigos podem te atrapalhar. Se você der tiros para cima e não movimentar seu personagem acabará fazendo com que ele fique grudado na “gosma verde” que cair em seus pés. Já no modo em que você controla a Estátua da Liberdade, você terá uma barra de energia, mas que não agüenta muitos ataques, mesmo assim. Uma boa dica é coletar o máximo possível dos símbolos dos caça-fantasmas durantes as fases do jogo. A cada 20 itens desse tipo que forem coletados, você recebe uma vida extra.

Conclusão

Ghostbusters II está longe de figurar entre os melhores jogos de ação do NES, bem longe mesmo. Mas o jogo não chega ser ruim. Ele possui um desafio bem alto e proporciona uma boa dose de diversão, principalmente paras os fãs do filme.

Recordar é envelhecer: Ghostbuster II (NES)
Tagged on:             

13 thoughts on “Recordar é envelhecer: Ghostbuster II (NES)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *