Mais uma edição do Recordar é envelhecer, assinada pelo seu amigo André Breder, chega ao Gagá Games! Não faz muito tempo que eu comentei por aqui sobre a clássica versão do jogo Contra lançada para o NES, um game eletrizante que fez bonito no 8 Bits da Nintendo! Bem, então porque não falar agora de sua continuação, que conseguiu ser um game ainda melhor do que o original? Pois bem, o foco desta edição do Recordar é envelhecer é o jogo Super C (Super Contra para os íntimos)! Boa leitura cambada!

Mais um excelente jogo da série Contra!

Assim como aconteceu com o primeiro jogo da série, Super C, a seqüência do famoso Contra, foi lançado primeiramente para o arcade, e depois o NES recebeu uma excelente conversão do jogo! Mais uma vez a terra está ameaçada por alienígenas, e dois soldados são os escolhidos para salvar toda a humanidade!

Super C?

No Brasil era comum todos os jogadores chamarem este jogo de Super Contra, que deveria ser o título original do mesmo, mas que acabou sendo alterado. A história por trás disso é que a Konami abreviou a palavra “Contra” para que as pessoas não fizessem uma relação entre o jogo e o escândalo Irã-Contra, que foi a exportação ilegal de armas para o Irã durante o governo de Reagan nos Estados Unidos nos anos 80.

Uma eletrizante continuação!

Super C, assim como o primeiro Contra, colocava o jogador novamente em mais uma aventura de ação/plataforma com muitos inimigos, obstáculos e tiros para todos os lados! Além das fases em estilo plataforma, há também duas em que o jogador controla seu soldado com uma visão “de cima”. Ao todo serão oito duras fases, que garantem muita ação e diversão!

O objetivo básico é um só: trucidar a legião de invasores alienígenas, atacando diretamente suas bases que foram instaladas nas mais diversas regiões! A aventura acontecerá em florestas, áreas montanhosas, fortalezas hig-tech entre outros locais onde nenhuma pessoa normal ousaria ir. Durante as fases o jogador poderá adquirir e fazer o uso de diferentes tipos de armas, que serão extremamente necessárias para o sucesso no jogo.

Gráficos

Os gráficos tiveram uma boa melhoria em relação ao jogo anterior da série. Super C traz cenários de fundo ainda mais bem detalhados e diversificados dos que encontramos no jogo Contra. Os chefes gigantescos, claro, se fazem presente também neste jogo e estão muito bem desenhados. A animação dos personagens e inimigos está mais que perfeita!

Efeitos Sonoros

Os efeitos sonoros são praticamente os mesmos do jogo anterior, ou seja, são excelentes! Os sons dos diversos tipos de tiros, explosões, trovões, tiros acertando os inimigos mais resistentes, etc, está tudo muito bem feito e dá ao jogador a sensação de estar mesmo armado até os dentes e lutando contra um exército de aliens malditos!

Trilha Sonora

A trilha sonora de Super C está maior e tão boa quanto a do jogo original. A Konami é mestre em fazer grandes trilhas sonoras, e o resultando não poderia ser outro: músicas que passam ao jogador os mais variados sentimentos e emoções! Existem músicas que farão o coração do jogador acelerar junto com seu ritmo alucinante e outras que dão uma tensão digna dos filmes de suspense. Aumente o volume quando estiver jogando!

Jogabilidade

Os controles continuam iguais aos do primeiro jogo, ou seja, não poderiam ser melhores! Tudo flui perfeitamente bem, sem atrasos. Os comandos podem ser executados de forma rápida e precisa pelo jogador. Isto é altamente necessário, já que a ação do jogo não para nunca!

Dificuldade

A dificuldade continua alta em Super C! Seu personagem morre com apenas um simples esbarrão no inimigo, o que obriga o jogador a ser bem habilidoso neste jogo. Os inimigos estão mais variados do que os do primeiro jogo, e muitos serão ainda mais difíceis de serem derrotados!As fases continuam cheias de obstáculos para serem transpassados e o número muita vezes absurdo de inimigos na tela continuam deixando os jogadores de cabelo em pé! Para dar um “help” aos jogadores menos habilidosos, em Super C também existe um código para se começar com 30 vidas.

Conclusão

Super C foi uma ótima seqüência de um jogo que já era ótimo! A simplicidade e a dificuldade encontrados em ambos os jogos da série lançados para o NES foram os principais motivos do sucesso obtido com os jogadores de todo o mundo. Uma série altamente viciante e divertida! Precisa mais de alguma coisa? Eu acho que não!

Recordar é envelhecer: Super C (NES)
Tagged on:             

7 thoughts on “Recordar é envelhecer: Super C (NES)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *