bann-retrorapidas

Sexta-feira é dia de retro-rápidas aqui no Gagá Games. Vamos ver algumas das notícias mais legais da semana para os amantes de jogos velhos.

Ys: The Oath in Felghana no PSP ocidental

Há mais de vinte anos a série Ys é amada no Japão, mas no ocidente ela ainda é meio enjeitadinha. Vários jogos não foram lançados, e o console no qual a série realmente criou fama (o PC Engine) fracassou aqui do nosso lado do mundo. Felizmente, a XSEED (que vem lançando títulos japoneses bizarros no ocidente, para o nosso deleite) decidiu correr atrás do prejuízo: vai lançar Ys: The Oath in Felghana para o PSP, em inglês!

ysoath

Oath in Felghana é um caso curioso: o terceiro jogo da série Ys, Wanderers from Ys, mudou a clássica visão aérea com inclinação da tela para uma visão estritamente lateral, com foco na ação. Isso desagradou a muitos fãs na época, e o jogo (embora excelente e com uma trilha sonora unfuckingbelievable) meio que virou a ovelha negra da série. Um dia a Falcom resolveu reimaginar toda a história, lançando uma espécie de remake para Windows, The Oath in Felghana, obtendo enorme sucesso. Esse é o jogo que chegará para o PSP, mas a XSEED promete novidades.

Survival Horror de Atari ganha remake

Haunted House era um joguinho arrepiante para o Atari, no qual você controlava um sujeito em uma mansão mal assombrada. Munido de uma lanterna, você tinha que encontrar itens valiosos e se mandar de lá o quanto antes, mas a mansão estava cheia de criaturinhas desagradáveis, como morcegos, aranhas e fantasmas. Isso em teoria, porque na prática você controlava um par de olhos numa tela preta, e quando acendia a lanterna uma “bola” (bom, vocês sabem que bolas desenhadas pelo Atari não eram exatamente bolas) envolvia os olhos, fazendo o herói do jogo parecer mais com um fantasma do que as próprias assombrações. Um dos trunfos do jogo eram os efeitos sonoros, a gente tomava cada susto jogando esse negócio!

Pois bem, a Atari acaba de lançar um remake do dito cujo. Ele traz gráficos modernos e parece muito divertido! Está saindo por vinte dólares para Windows e Wii, e pode ser comprado no site oficial ou no Steam. Se alguém quiser me dar de presente eu faço um review por aqui :p Uma versão para XBLA está anunciada para breve.

Terceiro pacotão de jogos de Mega Drive para PC

genesisbundle3E a SEGA continua lançando coletâneas de seus clássicos para o PC. O recém-anunciado MegaDrive Genesis Series 3 Complete Pack é composto pelos seguintes jogos:

  • Bio-Hazard Battle
  • Columns III
  • Sword of Vermillion
  • Virtua Fighter 2
  • Ecco II: The Tides of Time
  • Alien Storm
  • Decap Attack
  • Flicky
  • E-SWAT
  • Sonic the Hedgehog
  • Golden Axe 2

No momento, o pacotão só está disponível para venda no Gamersgate, mas logo deve chegar ao Steam, como de costume. Cada jogo sai por três dólares, e para variar o Sonic sai mais caro (quatro dólares)… depois de todos esses anos, a SEGA ainda acha que precisa diferenciar preços de acordo com os títulos clássicos que vende. Vai entender. Seja como for, o pacotão sai com um big desconto e fica por pífios sete dólares e quarenta e nove centavos. Ultimamente eu venho dando preferência a jogar títulos velhos no Wii, e compraria numa boa se os jogos rodassem nele. Achei interessante a inclusão do obscuro, porém curioso, Sword of Vermillion.

Bio-Hazard Battle
Columns III
Sword of Vermillion
Virtua Fighter 2
Ecco II: The Tides of Time
Alien Storm
Decap Attack
Flicky
E-SWAT
Sonic the Hedgehog
Golden Axe 2
Retro-rápidas: Oath in Felghana no PSP, remake de Haunted House e mais
Tagged on:                                         

11 thoughts on “Retro-rápidas: Oath in Felghana no PSP, remake de Haunted House e mais

  • 08/10/2010 at 9:51 am
    Permalink

    O Sword of Vermilion foi incluído numas compilações anteriores da Sega. Meu palpite é que no próximo pacote já venha algum Phantasy Star.

    Agora é como eu já tinha dito antes: Acho que essas compilações de Mega Drive já deram o que tinham que dar há um tempinho. Queria ver mesmo é alguma coletânea de arcade. A Sega alegou que havia perdido o código fonte de vários de seus sucessos antigos de arcade, mas pô… De todos eles?

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 08/10/2010 at 9:53 am
    Permalink

    Flicky! Só este jogo já vale os 7 dólares e 49 cents. É mais viciante que drogas. Devia passar uma propaganda na tv dizendo: “pais, falem com seus filhos sobre Flicky. Antes que alguém mais fale” 😀

    Ys: The Oath in Felghana é excepcional, e tem um fato sobre ele muito interessante. Ele foi lançado pra PC só em japonês, mas um fã traduziu o jogo. A XSEED, ao lança-lo para PSP, pagou pela tradução do fã. Assim, ela conseguiu lançar o jogo bem mais rápido, e todos sairam lucrando. Uma negociação muito interessante,visto que é raro ver paz entre empresas e traduções de fãs.

    E pq toda review do jogo mostra a imagem do Adol correndo entre as bolas de corrente? Desde que a versão pra PC foi lançada é assim 😀 Pelo que eu vi no youtube, o jogo está muito bom. Tão bonito quanto o de computador, coma vantagem da bela tela do PSP e da portabilidade. Quem dera ter um PSP só pra jogar a série. Ela é bem judiada no DS ¬¬

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 08/10/2010 at 1:00 pm
    Permalink

    Bom, adorei Vermilion ter sido incluído desta vez. Como sou suspeito pra falar do RPG em questão, tenho a esperança de que mais jogadores o conheçam agora – principalmente quando a coletânea chegar ao Steam. A SEGA devia ter adicionado o segundo “l” ao “Vermilion” porque acho que é mais vezes escrito com dois L do que da maneira original mesmo, rs

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 10/10/2010 at 3:58 pm
    Permalink

    Eu até pagaria, mas esse remake é totalmente broxante. O antigo dava medo quando vc via um inimigo vindo até vc e passando por cima de paredes e o escambau. Agora não. O remake quer ser tão belo que, como nos filmes de terror atuais, exagera pra se parecer bonito. tanto efeitos de luzes. gráficos cartoons. Nada a ver. Faltou o eddie murphy aí.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *