Turbo Views: a história do Turbografx-16 por seus jogos

Para quem não conhece o Turbo Views, o lance é o seguinte: o Chris Bucci comprou um Turbografx no início dos anos 90, uns dois anos depois do console ter sido lançado nos Estados Unidos. Acontece que o console não fez muito sucesso por lá, então ele conseguiu comprar vários jogos a preço de banana em saldões. Quando se deu conta, Chris já tinha quase todos os jogos lançados para o console nos Estados Unidos. Para fechar a conta, decidiu comprar logo o que faltava, e num ataque de nostalgia voltou a jogar tudo, fazendo análises em vídeo que se transformaram no programa Turbo Views.

R-Type: um balé espacial no Turbografx-16

Vamos combinar um negócio: jogo de nave é difícil por natureza. É raro pintar um joguinho de nave que a gente consiga terminar relaxado, num fim de semana, não é não? E a graça do jogo de nave está mesmo em tentar outra vez… e outra… e outra…

Tá bom, até aí tudo bem. Mas mesmo tendo isso bem definido na sua cachola, R-Type é um jogo pauleira. Rock n’ roll mesmo. E se você já penava com a ótima adaptação do jogo para o Master System, vai penar ainda mais com esta aqui, que tem uma pegada mais rápida, menos espaço na tela e sprites maiores. É, meu amigo, o que era complicado ficou quase impossível!