Diário de Bordo: Dragon Quest [parte 2]

Capítulo 2 – A Caverna e o Warrior Ring

A Copper Sword tira quase 10 HP dos inimigos, o que facilitou minhas buscas por novas cidades. Segui para o norte, como a maioria dos aventureiros de RPGs antigos faria, e achei uma caverna. Entrei e percebi que precisaria usar a tocha, pois o local era uma escuridão só! Pra minha surpresa, na caverna não tinha nenhum inimigo. Dei a volta nela, desci outro lance de escadas e achei um túmulo com a seguinte inscrição:

“Discípulo, meu nome é Roto. Três itens são necessários para chegar à Evil Island e podem ser vistos do Castelo Radatome. Eu coletei os itens, atravessei até a ilha e destrui o mal. Então confiei tais itens à três sábios escolhidos do reino, que os estão protegendo e esperando por sua chegada. Quando o demônio ressurgir na ilha, pegue os itens e acabe com a criatura. Os três sábios lhe esperam em algum lugar desse mundo.”
Mais uma revelação, dessa vez vinda direto do túmulo de Roto. Sem nem saber pra onde ir, saí da caverna e fui explorar a área à esquerda do mapa, encontrei uma porrada de inimigos fortíssimos. Mage e Skeleton quase me mataram. Mais abaixo eu vi uma cidade no meio de um deserto, mas não consegui alcançá-la devido aos inimigos poderosos do local. Resolvi subir contornando o oceano à esquerda. Achei uma nova cidade, de nome Garai.
Fui até a loja de armas ver as novidades e descobri que vou ter que juntar mais de 1500 Gold pra compra tudo aqui! Na loja de itens comprei algumas tochas e Medical Herbs, além de uma Dragon Scale. O morador dentro da loja me contou que a princesa foi vista à leste dali. Como não tenho mais nada pra fazer ali (existe uma porta trancada que, provavelmente, me levaria ao resto da cidade), saí e fui fazer uma graninha.
Alcancei o level 7 e ganhei a magia Sleep. Dei um rolê por ali e achei outra caverna. Resolvi explorá-la, mas ali existem monstros fortes, preciso antes comprar novos armamentos, depois eu volto aqui. Passei boas horas batalhando, juntei uma grana, cheguei no level 9, ganhando a magia Radiant e voltei pra Garai comprar os itens: um Iron Axe por 560G, a Chain Mail por 300G e o Iron Shield por 800 mangos!
Comprei mais tochas e voltei à caverna. E….. OMG, que caverna… profunda! O labirinto é enorme, a visão é limitada pela tocha e os inimigos são chatos pra caramba! Imagino o quanto os donos de NES sofreram na época com isso, é QUASE o mesmo sofrimento que os donos de Master System enfrentaram na Torre da Medusa, em Phantasy Star…. Vasculhando a caverna, achei uma escada à direita que me levou à uma sala fechada, então segui pro lado esquerdo e achei um baú com 343 Gold perto de um lago e outra escada, que me levou à uma sala com inimigos mais fortes, mas dessa vez com alguns itens bacanas em baús.
No primeiro baú achei 672 Gold, em outro, mais abaixo, um Iron Axe (que eu acabei de comprar!) e no último, mais à esquerda, sobre um tapete vermelho, o Warrior’s Ring, que equipei na hora, mesmo sem saber seus efeitos (que, aliás, está especificado como “???“). Saí dali, matei o primeiro inimigo e alcancei o level 10, ganhando a magia Stopspell! Saí da caverna com algum custo, achar os caminhos com essa visão limitada é muito complicado. Voltei à Garai, recuperei minhas energias e comprei alguns itens.

A visão limitada da caverna aumenta mais ainda o desafio...

Na próxima etapa vou explorar as regiões baixas, inclusive aquela cidade no deserto. Agora com novas armas e no level 10, quem sabe não tenho mais chances com os inimigos fortíssimos dali!

About Cosmão, o "Velho Piadista"

Meu principal passatempo no asilo do Gagá é escrever livros e livros de Detonados de Diários de Bordo. Aos poucos vou postando no blog :D