psg1

Você que acompanha o Gagá Games e a Gazeta de Algol já sabe há tempos que estou trabalhando junto com uma pequena equipe para traduzir para o português Phantasy Star Generation:1, remake lançado para o Playstation 2 do primeiro jogo da série Phantasy Star (Master System). Saiu só no Japão, e como nós somos loucos decidimos encarar a missão de criar um patch para o nosso idioma.

Acontece que, embora a compressão aplicada ao texto tenha sido quebrada e eu e meu amigo Jorge Chernicharo já tenhamos passado praticamente todo o texto para o português, ainda não conseguimos extrair o texto do jogo em um formato próprio para a criação do patch. Para quem entende do riscado, temos os textos, mas não temos um arquivo estruturado que indique onde cada frase deve entrar no jogo.

Meu amigo Ignitz fez um excelente trabalho quebrando a compressão da ISO, mas está complicado para ele cuidar dessa parte. Por isso, pedi a ele que descrevesse exatamente do que nós estamos precisando no momento. Nas palavras do próprio:

“Oh Deus, apareça uma pessoa que saiba criar um XML a partir de um arquivo binário de 32 bits e que saiba desmontar e montar com habilidade de recriar os mesmos ponteiros aleatórios (que não são exatamente aleatórios) por todo o arquivo. Um XML é bem mais fácil de manipular este arquivo”

Em suma: vai ser muito, muito bom se alguém puder organizar essa zona toda em um XML bonitinho.

Tela do MemoQ, programa que uso para fazer minhas traduções, e que custou mais caro do que um Playstation 3 :(

Esse é o MemoQ, programinha de tradução que estou usando para tocar o projeto — custou mais caro que o meu Wii 🙁

Segundo  o Ignitz, seria ótimo se pudéssemos trabalhar com uma estrutura deste tipo:

<STRUCT 00= pointer 24,pointer32>
<STRUCT 01 =
OPENMSG = ponter * (pq é variável e não fixo) “Eu sou do Algol, e você é de onde?”;
OPENMSG = ponter * (pq é variável e não fixo) “Sou de Pirapora jhow”;
CLOSE FUNCTION;
OPENMSG = ponter * (pq é variável e não fixo) “Sou outro NPC”;
CLOSE FUNCTION;
>

Alguém aí quer ganhar o título de messias do ano e se oferecer para dar uma força com esse negócio? Este é basicamente o último obstáculo a ser superado para podermos lançar essa tradução. Se você tem habilidade para encarar essa missão, ou se conhece alguém que tenha, por favor entre em contato com o Gagá aqui em gagamail. Em troca, só podemos oferecer fama internacional, uma maleta cheia de dólares e muitas, muitas mulheres siliconadas de biquíni. É pouco, mas é só o que a gente tem a oferecer.

UPDATE: aí vai um pacote com alguns arquivos de exemplo da tradução. Estão incluídos o descompressor e mais algumas coisas.

Phantasy Star Generation 1 em português: we need your help!

41 ideias sobre “Phantasy Star Generation 1 em português: we need your help!

  • 18/08/2010 em 10:31 am
    Permalink

    Gaga, se vc disponibilizar umas 10 frases (a original e traduzida) junto com o programa usado na descompresão (ou tabela, qq coisa assim) pra que pudéssemos tentar ajudar. Eu mesmo posso gostaria de tentar ser útil em algo, embora eu já esteja há um tempinho longe do C++ e do Ruby, e uma amostra seria muito útil.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 18/08/2010 em 10:49 am
    Permalink

    O artigo não é informativo para um programador interessado em ajudar, pois não deixa claro e detalhado o que é exatamente que se está querendo…

    “Embora a compressão tenha sido quebrada”
    1. Afinal, é ajuda com formatação ou com compressão? Já é possível descomprimir e recomprimir o arquivo original sem falhas? Pois dizer: “Quebrei a compressão”, não quer dizer muita coisa, pois isso pode significar: “Entedi o formato”/”Descomprimi”/”Recomprimi” ou tudo isso junto. O primeiro passo, é fazer estas 3 coisas, já que PSG#1 usa uma variante simples de LZ, se não for possível descomprimir e recomprimir o arquivo EVENT.DAT, então é melhor trabalhar nisso antes.

    “ainda não conseguimos extrair o texto do jogo em um formato próprio para a criação do patch”
    2. O patch para PSX será PPF (o mais usual) ou outro compatível, você está trocando completamente as bolas, formatar um XML não vai trazer o patch magicamente.

    “Para quem entende do riscado, temos os textos, mas não temos um arquivo estruturado que indique onde cada frase deve entrar no jogo.”
    3. Aqui você deixa mais claro, mostrando que o problema é na inserção do texto no arquivo EVENT.DAT descomprimido, para, após isso, recomprimir no formato exigido pelo jogo. porém…

    3. Levando em conta que a parte de descompressão e recompressão estão prontas e completamente testadas e que o que resta é a formatação, não entendo o fato do programador não ter descomprimido as raw strings logo no formato que ele queria, ou seja, o formato XML. No entanto, entendi que, ele não tem tempo suficiente para criar um programa que extraia e insira o texto no binário descomprimido.

    3. Espero que esse exemplo de XML seja apenas um exemplo mesmo, pois está se trabalhando com tags únicas, usando-se apenas argumentos e deixando dados dentro desses arqumentos, o que não é recomendável, além disso, as tags únicas não estão fechadas, ou seja, o XML de exemplo está mal formatado.

    Enfim, meus 50 centavos, tendo em vista que, se entendi bem, o necessário é uma ferramenta que extraia e insira o texto, num formato capaz de identificar e alterar os ponteiros, aparentemente sem lógica ou hardcoded no arquivo, talvez não fosse necessário um XML, apenas uma especificação própria de romhacking, por exemplo, o formato do ATLAS. http://www.romhacking.net/utils/224/

    Extrai-se para o formato ATLAS ou TXT e formta-se manualmente com a especificação do ATLAS e depois insere e pronto. Goodbye.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 18/08/2010 em 11:19 am
    Permalink

    Aí vai o pacote, coloquei o link no post também agora:
    http://ubuntuone.com/p/D8K/

    Ondinha :
    1. Afinal, é ajuda com formatação ou com compressão? Já é possível descomprimir e recomprimir o arquivo original sem falhas? Pois dizer: “Quebrei a compressão”, não quer dizer muita coisa

    Bom, como eu disse, nós já traduzimos o texto, o que significa que sim, a compressão não é mais problema. A gente tem o material todo, já dá para recomprimir também (um romhacker spanhol resolveu esse problema para a gente), o lance é só a formatação, como disse o Ignitz.

    Ondinha :
    formatar um XML não vai trazer o patch magicamente.

    Relaxa, Ondinha… olha essa tensão! 🙂

    Ninguém quer fazer mágica. Não entendo muito do riscado e preciso perguntar ao Ignitz, mas a gente quer é traduzir esse negócio. Você citou dois possíveis formatos para o patch. Se os dois funcionam, eu topo qualquer um.

    O Ignitz é um cara habilidoso. Se ele me pediu o XML, provavelmente vai ser capaz de fazer lá a “mágica” dele. Vamos dar um passo de cada vez.

    Ondinha :
    não entendo o fato do programador não ter descomprimido as raw strings logo no formato que ele queria, ou seja, o formato XML.

    Quem manja dessa parte é outro romhacker, o Rodolfo (você deve conhecê-lo). Acontece que ele anda muito ocupado, tá difícil para ele pegar isso de frente. O Ignitiz faz o que pode nessa área, mas conhece suas próprias limitações. Por isso estamos pedindo uma ajuda.

    Ondinha :
    3. Espero que esse exemplo de XML seja apenas um exemplo mesmo, pois está se trabalhando com tags únicas, usando-se apenas argumentos e deixando dados dentro desses arqumentos, o que não é recomendável, além disso, as tags únicas não estão fechadas, ou seja, o XML de exemplo está mal formatado.

    Eu já disse para você relaxar, não disse? 🙂 É só um exemplo, e os detalhes que você apontou só mostram o que eu já disse: o Ignitz precisa de ajuda para fazer esse trabalho. Esse exemplo veio de uma conversa via MSN, é só para ilustrar…

    Ondinha :

    Extrai-se para o formato ATLAS ou TXT e formta-se manualmente com a especificação do ATLAS e depois insere e pronto. Goodbye.

    Confesso que estou por fora disso aí, vou conversar com o Ignitz e pedir uma opinião. De qualquer forma, desde já agradeço pela sugestão!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 18/08/2010 em 1:45 pm
    Permalink

    Confesso que minhas unhas estão desaparecendo agora que tudo parece estar na reta final.
    Eita… essa parada ta ficando interessante.. queria poder ajudar
    mas infelizmente terei que ficar só na figa junto com o resto dos mortais.
    Phantasy Star I foi meu primeiro jogo de RPG. Caramba, to emocionado…
    Vou parcelar meu Playstation 2 só pra jogar esta preciosidade na TV.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • Pingback:Tweets that mention Gagá Games » Phantasy Star Generation 1 em português: we need your help! -- Topsy.com

  • 18/08/2010 em 2:31 pm
    Permalink

    @Orakio.
    O ignitz é bem habilidoso mesmo, e acredito que ele também vive o mau do Rodolfo (tempo insuficiente)… Vou pedir uma coisa para você cara, poste algumas informações para que eu e outros possamos dar uma “olhadinha” no problema e poder estruturar alguma coisa que como o “Odin@hexagon/trans-center Sama” disse tenhamos como ajudar nesse projeto.
    Acho que se faz necessário a lista abaixo:
    01) ISO/Versão: Principalmente a versão do executável do mesmo, que é o arquivo slus na raiz do DVD do game.
    02) O código fonte e o mesmo compilado do compressor/descompressor: Para que seja tenhamos acesso aos arquivos que contém os textos.
    03) O texto em si que foi extraído, e o mesmo traduzido mesmo que sem revisão: Eles vão ajudar em testes, sabendo de quais arquivos foram provenientes, ficará mais prático construir uma ferramenta.

    E não leve em conta o Odin, ele anda meio estressado e sem tempo para o romhacking, por isso está meio que “rabugento” para os jogos legais como esse que são diferentes dos que ele joga atualmente rsrsrsrs (brincadeira onda)

    Um abraço, e qualquer coisa entre em contato pelo FUT, ou através do grande gamer_boy.

    []´

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 18/08/2010 em 2:48 pm
    Permalink

    Spyblack, não necessita isso tudo, o básico é o arquivo EVENT.DAT, ele é o container onde a maior parte dos arquivos úteis para uma tradução do jogo estão armazenados.

    Transformar o EVENT022_sem_compressao.CM em uma formatação XML não é coisa difícil, porém, tendo em vista que a compressão já foi totalmente transposta, tem muita informação dispensável neste pacote.

    Li que há ponteiros aparentemente aleatórios ou hardcoded no arquivo, o que facilitaria, nesse momento a vida do programador, seria postar a referência destes ponteiros, onde eles estão, quantos bytes tem, qual a ordem destes bytes, esse tipo de coisa.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 18/08/2010 em 4:35 pm
    Permalink

    Estresses à parte (rs…) obrigado a todos por estarem discutindo o assunto aí. Se precisarem de mais material é só avisar.

    Vou providenciar todo tipo de arquivo que possa (ou não) vir a ser necessário. Já pedi ao Ignitz para dar uma espiada nos comentários assim que estiver online, aí eu vou providenciando mais informações, arquivos e afins.

    Vocês nem imaginam como tem gente sonhando com essa tradução. Qualquer ajuda será extremamente bem-vinda, e quando a gente lançar o patch eu faço questão de dar o maior destaque a todos os envolvidos. Já tentei fazer romhacking há alguns anos (foi um fracasso, rs…) e admiro pra caramba o trabalho que vocês fazem. Não é moleza MESMO.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 18/08/2010 em 5:12 pm
    Permalink

    O material mais necessário agora, Orakio, seria a referência dos ponteiros, tendo em vista que não há mais nenhum problema com a compressão.

    Quem for ajudar, vai trabalhar em cima dos arquivos de eventos descomprimidos(*sem_compressao.CM), tudo o que for relacionado à compressão é irrelevante, visto que a mesma não é mais um problema.

    Infelizmente estou abarrotado de precatórios aqui no trabalho e toda hora que abro esse arquivo, chega mais uma pilha para ser despachada… Senão era pegar e verificar logo a referência dos ponteiros e partir para frente.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 18/08/2010 em 9:40 pm
    Permalink

    Cara.. eu tb estou contando os dias para poder jogar PS1 traduzido. Admiro muito o trabalho de todos, romhacking realmente não é algo fácil, como disse o Gagá.

    Boa sorte a todos, seguimos aqui com a torcida!

    Abraços!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 19/08/2010 em 5:25 pm
    Permalink

    Gagá, estou torcendo para que tudo dê certo e que possamos finalmente jogar Phantasy Star G1 em portugues no PS2
    Infelizmente não entendo muito sobre o assunto, então, não posso ajudar, mas fica aí o meu apoio moral a todos que estão se esforçando para lançarem essa tradução, boa sorte =)

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 19/08/2010 em 10:26 pm
    Permalink

    Eu espero que vocês consigão viu gaga terminar esse projeto venho acompanhando isso desde que você anunciou ai que estava trabalhando nele vou torçer muito por que admiro o esforço de quem faz isso sei que não é facil pegar um jogo japa de uma serie classica como PSG 1 .

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 20/08/2010 em 10:57 am
    Permalink

    estou muito interessado em ver este projeto em conclusão, mais como nao sei como ajudar, apenas fico na torcida, pois existe muita gente que conheço que estao loucas para o termino deste grandioso projeto e jogar este magnifico jogo que marcou nossas infancias.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 21/08/2010 em 10:58 pm
    Permalink

    Pessoal do Gagá, assim que vocês tiverem mais progressos neste processo favor publicar aqui para gente. Eu verifico todos os dias a comunidade do Orkut e o Gagá games por essa tradução do PS1. Eu lamento o fato de eu não poder ajudar.Deus abençoe aqueles que possam colaborar.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 22/08/2010 em 12:57 pm
    Permalink

    Poxa, tem que fazer um churrascão de comemoração ah essa tradução.
    Também não tenho muito conhecimento bem o procedimento que ajude vocês, mas fica ai uma Boa Sorte para vocês…

    (mas eai, gostaram da ideia do churrasco né? HAHAHA)

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 27/08/2010 em 9:27 am
    Permalink

    Deixe-me ver se entendi: vcs. precisam converter esse formato p/ XML? Teria que entender as estruturas primeiro – o que está dentro de uma coisa, o que depende de outra coisa, etc.

    Pelo que vi, esses ponteiros são referências dos textos dentro do jogo, né? Talvez trabalhar com um formato mais adequado para traduções seja uma opção melhor.

    Se ainda precisarem de ajuda, vamos juntar os nossos poucos tempos para fazer um tempo maior 😉

    Abraços

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 28/08/2010 em 9:41 pm
    Permalink

    Orakio Rob, “O Gagá” :
    Aí vai o pacote, coloquei o link no post também agora:
    http://ubuntuone.com/p/D8K/

    O link está fora e eu quero estar dentro, mando o email?

    Desculpa, terminei o jogo faz um tempo, o Gagá esqueceu outros equipamentos importantes na Baya Malay e aí virou uma bagunça só. Se quiser mando uma lista com mapas e tudo mais, CONTUDO não quero mulheres siliconadas, só as naturais e com cintura menor do que o busto. LoL

    Até mais.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 14/01/2011 em 9:28 pm
    Permalink

    Boa noite gagá. Alguma novidade sobre a traducao dessa maravilha? Eu como muitos outros estou alucinadamente esperando ver este projeto rodando no PS2 o/ fico triste em nao poder ajudar de alguma forma, mas acredito que vcs que tomaram a frente e que estao tocando o barco merecem todas as mesetas e todas as armas de laconia. Parabens!!!

    ps: existe algum outro site ou blog, twiter ou coisa semelhante onde eu possa acompanhar oa novidades sobre o projeto?

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 20/01/2011 em 10:51 pm
    Permalink

    gaga , e o andamento? ninguem fala nada, sei que deve ta dando um trabalho, mais todos nos estamos loucos por essa traducao, mais como anda? a gente so queria saber um status , ou se nao progresiu muito, se ja encontrou um romhacker, se ja tao trabalhando com o pach. desculpe a nossa ansidade. Olha gaga um forum, alguns usuarios estao terminando de traduzir a versao do phantasy star mobile para o portugues, eles ja ate disponibilizaram ua versao beta para celualares nokia e sonyericsson 240×320 com aproximandamente 80% ja traduzida, quem quizer baixem aqui http://www.mediafire.com/?ijt489j3dhcid9m ou entao se nao acreditarem vejam no forum zeebo: http://forum.zeeboclub.com/retroatividade-f8/o-achado-do-ano-phantasy-star-mobile-t3665.htm

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *