Exolon: plataforma + shoot ‘em up= jogão do Spectrum

exolon-banner-1

Desta vez não vou falar de versões de ZX Spectrum que levaram um couro dos arcades, mas sim de um jogo que fazia bonito diante da concorrência. Mesclando os gêneros shoot’ em up com plataforma, Exolon (Hewson 1987) conta a história de um soldado futurista que tenta a sobrevivência em meio a alienígenas e armamento inimigo. O tema parece batido nos dias de hoje, mas na época era o “ó do borogodó”! Se o seu emulador de Spectrum anda parado ou você ainda nem se animou em correr atrás de um, recomendo a leitura deste post.

A aventura já começa com o protagonista chegando a um planeta hostil infestado de oponentes sedentos por sua morte. Os cenários são construídos em flip-screen, efeito utilizado para driblar limitações de processamento; esta técnica se resume em subdividir as telas em pedaços, não permitindo a rolagem horizontal. Assim, uma vez que o jogador chega ao final desta tela outra surge, dando continuidade. Ao todo são 125 intermináveis e desafiadoras screens.

exolon1

O visual corresponde a um dos melhores vistos no ZX Spectrum, pois não repete os erros cometidos pela maior parte da biblioteca deste hardware; com bom senso no uso das cores e atenção a minúcias como roupas, planetas ao fundo, maquinário de ficção científica, naves, estrelas, torres, radares e personagens. A movimentação, bastante suave, também impressionava os gamers acostumados com os comuns saltos de quadros dos computadores dos anos oitenta.

O som apresenta ruídos característicos de armas laser, mísseis e explosões, fazendo bem seu papel – mas somente no Spectrum de 128 kbytes. No TK-90X (48 kbytes) não se ouve um barulho sequer, como se a TV estivesse no mudo.

exolon2

A jogabilidade é simples. Com combinações intuitivas entre o botões e o manche todos os movimentos (andar, pular, lançar granadas e atirar/trocar armas) podem ser executados com facilidade. A câmara de teletransporte é uma das opções mais legais da partida, fazendo com que o herói se movimente de um ponto a outro instantaneamente, como em Jornada nas Estrelas. Há dois tipos de pistolas diferentes, que são encontradas no decorrer da história, uma mais rápida, mas com tiro único e a outra mais lenta, porém com cano duplo, cada uma delas deve ser utilizada estrategicamente em situações diversas.

exolon3

Tenho usado meu Dingoo para emular ZX Spectrum ultimamente, a maioria dos emuladores dele são meio chatinhos de se operar, mas com calma tudo funciona a mil maravilhas. Basicamente o Start faz aparecer o teclado do computador para que o menu principal do game seja acessado e o Select habilita as opções do software. Geralmente, como default, o joystick Kempston é aquele que se compatibiliza com o controle do A320 e o início da jogatina se dá com algum botão, definido na legenda da tela inicial do título, pelo teclado virtual. Aguarde o carregamento (as bordas superiores e laterais vão apresentar um efeito característico e uma tela introdutória com algum desenho relacionado ao jogo surgirá), existem formas de se pular o loading, eu, por exemplo, costumo salvar um estado (save state) e partir dele direto.

Exolon foi produzido também para outros computadores simultaneamente, a exemplo do Commodore 64 e o Amstrad CPC. Como demonstrado na foto abaixo, as versões são bastante semelhantes, com uma ou outra diferença aqui e acolá. As versões de Atari ST e Amiga parecem trazer gráficos um pouco mais rebuscados e efeitos sonoros superiores, mas pelo que li por ai, receberam duras críticas no quesito gameplay.

exolon-comparação

É sempre interessante relaxar com um bom shoot’ em up como Exolon. Os gráficos deste game de ficção científica primam por detalhes, com animações bem fluídas e cores escolhidas de forma a não sobrecarregar o visual. A jogabilidade funciona de maneira simples e viciante: cada tela apresenta ao jogador uma série de inimigos e novos problemas a se resolver. Mesmo construído em flip-screens, o trabalho da Hewson envelheceu bem no ZX Spectrum, sendo perfeitamente jogável até os dias de hoje. O que você está esperando? Execute seu emulador de Spectrum e descubra mais esta joia retro!

About Tandrilion, O Matusalém