UPDATE: lista dos jogos que já consegui!

Atenção, senhoras e senhores! O Gagá tem algo muito importante a comunicar!

Quem me acompanha no Twitter já está careca de saber que na semana passada eu comprei um Mega Drive e um Sega CD, supostamente quebrados, no Mercado Livre, por apenas 20 reais. Eu não manjo NADA de eletrônica, mas o vendedor disse que o console parou de funcionar da noite para o dia, então imaginei que talvez pudesse ser algum defeito bobo, como um mau contato ou alguma solda. Por coincidência, o vendedor morava a quinze minutos da minha casa, o preço estava bom… por que não tentar?

Tá bem conservado, não tá não?

O Mega Drive é o primeiro modelo lançado pela Tectoy, velho pra diabo, e para minha surpresa está em ótimo estado de conservação. O Sega CD está com o botão para abrir a tampa meio emperrado, e os conectores de A/V dele estão meio oxidados, mas o Sega CD tem mesmo fama de não durar tanto quanto o Mega.

Como o pacote não acompanha cabos, comprei uma fonte de alimentação (a saber, uma enorme e pesada fonte Hayama específica para o Mega, ouvi dizer que é boa). Conectei ao Mega, mexi no botão de liga/desliga e… nada. Comecei a “sambar” com o botão na posição ligado, empurrando para cima, para baixo, para os cantos, buscando um problema de mau contato. E aí, meus caros, uma coisa realmente incrível aconteceu: 

Holy shit! Acendeu! Acendeu! O MEGA LIGOU!!!

E cadê que eu tinha cabo de A/V para testar? Oh shit, eu precisava saber se aquele treco estava funcionando mesmo, mas não tinha cabo para ligar à TV!!!

Então me ocorreu uma coisa… encaixei meu cartucho de Starflight (presente de um leitor do Gagá Games, o Washington)… liguei o Mega… conectei um fone de ouvido ao console… e segundos depois, ouvi a magnífica música-tema do clássico RPG espacial. Quase infartei. O Mega estava funcionando, e consequentemente o Sega CD também!

Disparei um email para meu amigo Eric “Cosmonal” Fraga para contar a novidade, e no dia seguinte ele me mandou um cabo de A/V que tinha sobrando em casa (e, de brinde, um cartucho 10 em 1 com alguns dos maiores clássicos da fase inicial do Mega Drive). De posse do cabo, fiz o teste derradeiro: liguei tudo e…

Yes baby! Pela primeira vez ao longo de toda a minha vida inútil, finalmente eu sou um feliz proprietário de um Mega Drive, o meu console favorito EVER! E ainda faturei um Sega CD, que não testei porque tenho que comprar outra fonte para ele, mas tudo leva a crer que esteja funcionando também.

E o que isso significa para todos vocês, leitores do Gagá Games? Isso vocês saberão em breve, quando eu anunciar o meu novo projeto… aguardem.

No mais, gostaria de agradecer ao camarada que me vendeu o Mega Drive, e deixo um apelo a todos que têm um aparelho eletrônico com defeito em casa: VENDAM. Não deixem o treco mofando no armário, esperando o dia de São Nunca para consertar. Vendam por qualquer merreca e comprem, sei lá, um CD da Björk, um pacote de cards do X-Men, o que seja. Não só vocês vão faturar um trocado como alguém pode ficar muito, muito feliz com o que vocês tinham aí parado no armário há anos!

Holy shit! Holy shit!

*raindrops keeps falling on my head…*

^_^

Gagá does what Nintendon’t!
Tagged on:     

167 thoughts on “Gagá does what Nintendon’t!

  • 19/07/2011 at 2:36 pm
    Permalink

    July 19th, 2011 at 11:24 | #50 Reply | Quote
    Puxa vida, acho que essa questão de “ser colecionador” ainda dá muito pano pra manga. Minha opinião é a seguinte: O cara trabalha, rala pra caramba, ganha o dinheiro “DELE” e eu acho que “ELE” tem o direito de fazer o que quiser com o dinheiro “DELE”. Acho que é só porque se trata de “videogame” que as pessoas não dão valor, pois acharem que isso é coisa de criança. Acho que todo mundo tem o direito de gostar do que quiser. Falo sempre pra minha esposa: “Você não gosta de dormir quando está a toa? Eu gosto de jogar videogame!” Tem gente que dá 1 milhão em uma ferrari e ninguém critica, mas quando alguém compra um jogo de videogame de R$ 800,00 todo mundo acha um absurdo! Isso é pura discriminação! Sou colecionador mesmo com muito orgulho e compro porque gosto, já paguei R$ 250,00 por uma Earthbound original americana com dust cover e tô comprando uma harvest moon original que vai me custar R$ 185,00. Não me arrependo de maneira alguma, pois pra mim é a mesma sensação de ter “aquela ferrari”. Pago porque gosto, e por me trazer lembranças muuuuuuuiiiiiitoooooo boas. Como eu disse anteriormente, ainda hoje tem muita discrimação com quem “joga videogame”. Essa é minha opinião.
    p.s. Ô GAGÁ, quando vc vai criar a seção de colecionadores?

    Dirley :
    Puxa vida, acho que essa questão de “ser colecionador” ainda dá muito pano pra manga. Minha opinião é a seguinte: O cara trabalha, rala pra caramba, ganha o dinheiro “DELE” e eu acho que “ELE” tem o direito de fazer o que quiser com o dinheiro “DELE”. Acho que é só porque se trata de “videogame” que as pessoas não dão valor, pois acharem que isso é coisa de criança. Acho que todo mundo tem o direito de gostar do que quiser. Falo sempre pra minha esposa: “Você não gosta de dormir quando está a toa? Eu gosto de jogar videogame!” Tem gente que dá 1 milhão em uma ferrari e ninguém critica, mas quando alguém compra um jogo de videogame de R$ 800,00 todo mundo acha um absurdo! Isso é pura discriminação! Sou colecionador mesmo com muito orgulho e compro porque gosto, já paguei R$ 250,00 por uma Earthbound original americana com dust cover e tô comprando uma harvest moon original que vai me custar R$ 185,00. Não me arrependo de maneira alguma, pois pra mim é a mesma sensação de ter “aquela ferrari”. Pago porque gosto, e por me trazer lembranças muuuuuuuiiiiiitoooooo boas. Como eu disse anteriormente, ainda hoje tem muita discrimação com quem “joga videogame”. Essa é minha opinião.
    p.s. Ô GAGÁ, quando vc vai criar a seção de colecionadores?

    Concordo com o Dirley, acho que se o cara quer dar R$ 500,00 em um tênis da Nike, é porque ele quer, porque o dinheiro é dele. Se o cara quer comprar um jogo de R$ 800,00 é porque ele quer ter aquele jogo. Pra mim, o que vale é ter aquilo que eu realmente gosto.

    ô Gagá, abre espaço pra mostrar nossas coleções aí cara! Vai ter muita raridade aparecendo com certeza!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 19/07/2011 at 2:43 pm
    Permalink

    @Enzo

    Acho q vcs ja perderam o foco da discussão… ninguem aqui ta questionando se o cara pode fazer o que quiser com o dinheiro dele ou o q ele comprar =P

    O que estavamos discutindo era se, *caso* o dono do jogo lacrado esteja com vontade de jogar, se ele deve abrir o jogo, ou ficar so na vontade pra ver o jogo ali só valorizar um pouquinho. Obvio, oq vc disse, nem precisa ser dito, o cara faz o q quiser com o que é dele. A Discussao é sobre o que vale a pena por dinheiro ou não, entendeu?

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 19/07/2011 at 2:55 pm
    Permalink

    Eu entendi sim Rodrigo, o foco era só com relação ao guardar um jogo lacrado pra colecionar ou abrir pra jogar, ou guardar pra vender mais pra frente. Porém eu só quis colocar que tem gente que acha um absurdo por exemplo aquele cartucho que o Gagá comentou que tem no e-bay custar US$ 50.000, entendeu? Eu não acho um absurdo porque se é raro, tem seu valor. Foi só isso que eu quis dizer. Valeu!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 19/07/2011 at 3:06 pm
    Permalink

    Com relação ao Gagá, pelo que sei, o sonho dele era ter um Mega Drive, e agora que ele tem, acho que ele deve ir a forra com ele – jogar tudo que aparecer – mesmo o cartucho do Pier Solar que ele tem. ABRE ESSE JOGO AÍ GAGÁ!!! IMAGINA QUANTOS DE NÓS QUERIAM ESTAR NO SEU LUGAR! PEGAR UM JOGO NOVINHO LACRADO E AINDA MAIS UM RPG! (sou muito fã de rpgs ;D ) EU MESMO QUERIA ESTAR NO SEU LUGAR!

    obs.: faz o seguinte, se vc tiver dó de abrir pra jogar, me dá ele que eu não vou ter nem um pingo de dó pra jogar ele no meu Mega, blz? XD kkkk

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 21/07/2011 at 2:47 pm
    Permalink

    Massa! Eu tbm vi esse anúncio no Mercado Livre, mas não quis arriscar (até pq só preciso do Sega CD, não sei se estaria funcionando e o frete ia ser mto caro). AINDA ESTOU à procura de um Sega Cd e de um 32X (esse, mais ainda do q o sega cd), para jogar o Pier Solar com mais qualidade… caso alguém tenha p/ vender algum desses acessórios, favor avisar!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 21/07/2011 at 11:15 pm
    Permalink

    Parabéns ao nosso amigo pela aquisição.
    O Mega Drive é um ótimo video game tem tantos jogos divertidos, acho que até mais que o Super Nintendo, pelo menos eu acho o Mega Melhor.
    Isso que aconteceu com vc não é tão raro assim, a anos atras eu tambem comprei um Mega Drive quegrado de um grande amigo meu por 10R$ e levei no tecnico e ele disse que o game tava bom era só fazer uma limpeza na oxidação hehehe. Fiquei muito feliz
    Depois de um tempo troquei ele em um game Boy Clássico com caixa e tudo original japonês.

    Em meus momentos livres sempre passo por aqui para ler um pouco, e gosto de tudo que vc postam, grandes mentes temos aqui, textos divertidos e com muita informação. Parabéns!.

    Eu gostaria de sugerir uma matéria sobre mini games da TecToy, nos anos 90 eles eram top de em matéria de portáteis no Brasil.

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 21/07/2011 at 11:45 pm
    Permalink

    @Yuri
    Ainda bem que você não quis arriscar, he he… e também estou à caça de um 32X “quebrado” ^_^

    @GamesMga
    O problema é que eu não tenho um aqui… mas se eu conseguir pôr as mãos em um, de repente faço um post mesmo.

    Hmmm… até que a ideia é… *procurando minigames no Mercado Livre*

    Valeu pelo apoio, e volte sempre!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • Pingback: Gagá Games » Gagá’s SEGA Pereba Collection!

  • Pingback: Ajude o Gagá a completar a sua coleção! | Blast Processing – Blog Oficial da @ComuDoMega 0.8

  • 13/08/2011 at 7:33 pm
    Permalink

    Eu vi lá Rob! Curti pra caramba, o interessante é saber que vc possui duas pérolas completas em meio ao resto que eh o Starflight e o Pier Solar, massa pra cacete!! Eu lembro daquela label do Capitão Planeta, eu jogava ela direto na casa de meu vizinho aqui na época!

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

  • 29/04/2012 at 7:48 pm
    Permalink

    fala Gagá, tchê seguinte, não lembro o tópico que eu tinha comentado que ouvir Bjork era cult demais pra mim já que não estava nem preparado para Fiona Apple ainda, pois então, agora viciei na Fiona, estou um lv a mais no quesito músicas cults, será que chego na Bjork um dia? uahuahauha

      [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *