Retro-rápidas de volta, trazendo todas as novidades retrô da semana que você não viu porque o Gagá teve preguiça de fazer um post :p

Altas promoções no GOG.com

O GOG é sempre notícia aqui no Gagá Games… neste mês eles estão fazendo uma surpresa por dia, e isso vai durar até o dia 14, quando um grande anúncio será feito. Todo mundo especula o que será, mas até agora não saiu nenhuma pista. Tem gente especulando que é um contrato com a EA, coisa que eu duvido muito. Por mim, se fosse um pacotão de Wing Commander ou um pacotão da série Ultima já seria fantástico. Vamos torcer.

Mas enquanto a gente espera, vamos curtindo as surpresas. Ontem o GOG começou uma promoção que vai até domingo com Broken Sword Director’s Cut, Broken Sword II e Broken Sword III. Com descontão de 50% você leva tudo a pouco mais de sete dólares. Se você nunca comprou no GOG, leia nosso tutorial. Se já sabe o que fazer, COMPRE AQUI e seja feliz!

Entrevista com Yu Suzuki

Esta foi uma pequena pérola liberada pelo 1UP nesta semana, um baita entrevistão com Yu Suzuki, ícone da SEGA responsável por petardos como Hang On, Space Harrier e Shenmue.

A entrevista é muito bacana, e dentre outras coisas Suzuki explica qual é a diferença entre ele e Shigeru Miyamoto, e ainda diz que a SEGA deveria ter lançado um controle de movimentos. É imperdível, e é só a primeira parte: semana que vem tem mais!

Leia a entrevista com Yu Suzuki no 1UP

Retro-rapidíssima:

  • Jogo novo saindo para o Super Nintendo: leia no Warpzona;
  • Remake para PSP de Tactics Ogre ganha data no ocidente: leia no IGN;
  • Jogos da PSN japonesa… na PSN americana? Leia no HG101;
  • Arcade clássico dos X-Men chega semana que vem na PSN e no XBLA: leia no IGN;
  • Clássicos da Irem (R-Type, Kung Fu Master e outros) em coletânea para o PC: leia no IGN;
  • Remake do cláaaaassico Batman de MSX! Leia no Joystiq;
  • Valis chegando à PSN japonesa. É, eu amo Valis. Leia no Andriasang;
  • Coletânea de Oddworld à caminho: leia no IGN;
  • Space Ace de volta no Nintendo DS… e em péssima forma, segundo o IGN;

E bom fim de semana para todos!

    Retro-rápidas: entrevista com Yu Suzuki e mais…
    Tagged on:             

    10 thoughts on “Retro-rápidas: entrevista com Yu Suzuki e mais…

    • 10/12/2010 at 2:00 pm
      Permalink

      “Tem gente especulando que é um contrato com a EA”
      Ué? Td bem q não é a coisa mais possível do mundo mas eu dou uns 40% de chance. Ainda mais q se isso acontecer próximo ano vcs vão colocar um Recordar de MOHAA. :p

        [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

    • 10/12/2010 at 3:31 pm
      Permalink

      Pô, interessante essa coletânea da IREM para PC. Além de ser 18 jogos por U$$ 15, não são quaisquer jogos. R-Type Leo, Legend of Hero Tomma, In The Hunt (um shoot’em up com submarinos, bem interessante), Kung Fu Master (CLÀSSICO, perdi muito dinheiro nesse Arcade na época), Vigilante (outro CLÁSSICO que me fez gastar muitas fichas)… Com certeza comprarei!!!

        [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

    • Pingback: Tweets that mention Gagá Games » Retro-rápidas: entrevista com Yu Suzuki e mais… -- Topsy.com

    • 10/12/2010 at 4:27 pm
      Permalink

      Fala Gagá. Vou fazer um vídeo review do meu recém chegado RetroN3, e vou postar no Warpzona e em alguns blogs. Se quiserem postar aqui avisem que eu coloco um Logo do Gagá no vídeo para ficar mais personalizado. E quem diria que vai sair antes do review do Cybergame… Saiba que eu não comprei o meu ainda esperando esse teu review. Tem que ser esmiuçado, heim?

        [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

    • 10/12/2010 at 4:54 pm
      Permalink

      @Ryunoken
      Não precisa colocar o logo do Gagá não, até porque quem vai ter o trabalho é você, não quero ir “na aba”… mas já que você autoriza, com certeza eu divulgo aqui no blog. Eu tenho mesmo interesse nesse aparelho.

      E o review vai ser beeeem esmiuçado, dose é que pelo visto eu só vou receber no ano que vem :p

        [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

    • 10/12/2010 at 5:24 pm
      Permalink

      Muito boa a entrevista com Yu Suzuki, o entrevistador ficou rodeando um tempão, querendo tirar alguma informação sobre Shenmue 3, he he he. Acho que o único defeito dele é que ele tem umas excentricidades que acabam indo contra a área comercial e ae rolam os boicotes. Ele tem muita ânsia de inovar e nunca quer esperar um momento mais adeqüado, aliás acho que esse sempre foi um problema até da SEGA.

        [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

    • 11/12/2010 at 5:27 am
      Permalink

      Não há hora pra inovar. O que destruiu a Sega foi a parceria das outras empresas com outros videogames, a maldita “exclusividade”. Graças ao playstation, a sony emplacou o ps 2. Se ele fosse um fracasso….

      Inovar sempre é bom, como a nintendo vai fazer com aquele videogame portátil em 3d. Quem inova é porque ama o que faz e vive por isto.

        [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

    • 11/12/2010 at 10:33 am
      Permalink

      @Leandro Moraes

      Mesmo quando a tecnologia ainda não tem maturidade suficiente? As vezes é melhor esperar sim, caso contrário você “queima” a sua grande idéia.

      E discordo dessa idéia de que “se o ps2 tivesse sido um fracasso” a Sega não teria caído ou coisas do tipo. Tinha gente (grande) lá dentro querendo parar já depois do Mega, o projeto do Saturno foi algo desastroso e o Dreamcast por melhor que seja foi uma cartada suicida, ainda mais com a produção de Shenmue. Na minha opnião o que destruiu a Sega foi a própria Sega. Você pode ter equipes dedicadas e apaixonadas pelo que faz (sim, isso é muito importante), mas sem uma boa gestão tudo isso vai pro limbo.

        [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

    • 11/12/2010 at 2:51 pm
      Permalink

      @Tchulanguero
      Não é dizer que o PS2 não contribuiu, porque a Sony começou uma “guerra de bilhões” com publicidade e a SEGA estava sem caixa para peitar, mas o que você disse é verdade: a própria SEGA se enterrou. Infelizmente ela nunca foi bem administrada como a Nintendo, e o projeto do Shenmue ficou jorrando dinheiro da empresa por anos. Coisa de louco.

        [Citar este comentário]  [Responder a este comentário]

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *