Quero escrever para o Gagá Games! Como eu faço?!?!

Ninguém te ama no setor de RH do Gagá Games

Vocês não acreditariam na quantidade de emails que eu recebo de pessoas que querem colaborar com seus textos aqui no Gagá Games… como toda hora eu tenho que responder mais ou menos ao mesmo email, decidi fazer um post explicando a situação a todos que tenham o mais remoto interesse em ser escravizados aqui no blog, trabalhando a pão e água sete dias na semana sem receber um tostão furado, enquanto eu prospero e compro vários consoles de videogame com a fortuna que arrecado com os anúncios do Mercado Livre.

Para começar, o Gagá Games nunca está com vagas abertas. E também nunca está sem vagas. Nunca se sabe o que pode acontecer por aqui em termos de “contratações”. Eu acho que a equipe já está grande e não estou muito empolgado em contratar ninguém no momento, mas vai que alguém totalmente brilhante e genial me procura? É difícil dizer não numa hora dessas, não é?

Portanto, aqui vão algumas regras para você que é teimoso e quer tentar arranjar um espacinho aqui, mesmo sabendo que não há vagas no momento:

  • Regra 1: não há vagas no momento. Nunca há. Mas pode haver. Mas é pouco provável. Muito pouco. Ou não. Quem sabe?
  • Regra 2: se mandar um email para  querendo participar do blog, MANDE UM TEXTO SEU DE AMOSTRA tratando de um jogo ou assunto retrô. Se você não mandar um texto eu não tenho como saber se você escreve bem ou não. Minha tia tem poderes psíquicos, mas ela anda muito ocupada e não vai poder me ajudar até maio de 2013. Se você não mandar o texto, eu vou ficar constrangido de pedir porque talvez eu não dê feedback depois (leia a regra 3), então faça direitinho de primeira porque *voz_de_revolver_ocelot* there are no continues, my friend;
  • Regra 3: NÃO EXIJA FEEDBACK. Eu posso não ter tempo de ler seu texto; posso não gostar do texto e ficar sem jeito de responder (eu fico constrangido com essas coisas). O importante é: seu texto será devidamente classificado no meu email, e se um dia abrirmos vagas (o que nunca acontece… mas pode acontecer… ou não… enfim, leia a regra 1) eu vou correr todos os textos que me mandarem para ver se chamo alguém. Mas esteja avisado, talvez eu nunca responda ao seu email… *encaixe aqui uma risada macabra*;
  • Regra 4: esta é bem importante. Eu sou formado em Letras, e por isso sou chato, metido e elitista com o uso do português. Se você tem problemas em escrever bem, esquece acentos, troca letras ou não gosta de ler, eu não tenho absolutamente nada contra você… exceto se você quiser escrever aqui no Gagá Games. Estamos combinados?
  • Regra 5: ser fã da Björk ajuda. Às vezes, sinto falta de ter alguém com quem conversar.

Resumindo: coisa de louco querer participar deste blog!

About Orakio Rob, "O Gagá"

Dono do império corporativo Gagá Games, o velho Gagá adora falar sobre si mesmo em terceira pessoa. E sim, é ele mesmo que está escrevendo este texto.